GP1

Política

Desembargador determina que testemunhas sejam ouvidas em ação penal contra prefeito Avelar Ferreira

O desembargador determinou ainda a intimação da contadora Conceição de Maria Mendes e Silva para ser ouvida no gabinete da relatoria no Tribunal de Justiça do Estado.

Relator da ação penal em que é réu o prefeito de São Raimundo Nonato, Avelar Ferreira, acusado de crimes da Lei das Licitações, o desembargador Joaquim Dias de Santana Filho delegou poderes ao juiz de direito da 1ª Vara da Comarca de São Raimundo Nonato para que faça a inquirição no prazo de 45 (quarenta e cinco) dias de 07 (sete) testemunhas arroladas pelo Ministério Público: Raimundo Emidio Pindaiba da Silva (responsável pela empresa Raimundo Emidio Pindaiba da Silva), Israel Barreto Negreiros ( responsável pela empresa São Lucas), Nilmar Coelho de Oliveira ( sócio da empresa Coelho e Costa Ltda, Antonio Castro do Rosário, Serapião Gomes de Negreiros, Gledson Macedo Lopes Reis, Enertor de Sousa Santos.
Imagem: ReproduçãoPrefeito Avelar Ferreira(Imagem:Reprodução)Prefeito Avelar Ferreira
O desembargador determinou ainda a intimação da contadora Conceição de Maria Mendes e Silva para ser ouvida no gabinete da relatoria no Tribunal de Justiça do Estado.

O despacho determinando as providências foi proferido em 26 de novembro de 2013.

Curta a página do GP1 no facebook: www.facebook.com/PortalGP1

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.