GP1

Política

Rejane Dias propõe programa para identificar crianças com dislexia

O PL propõe que a equipe multidisciplinar seja composta de um psicólogo, fonoaudiólogo e psicopedagogo.

A deputada federal Rejane Dias (PT) propôs por meio de um projeto de lei apresentado na Câmara dos Deputados a criação de um programa de identificação e apoio a alunos diagnosticados com dislexia na rede de educação pública e privada.

“Art. 2º. Fica instituída a Semana Nacional de Identificação e apoio aos alunos com dislexia, com o objetivo de detecção precoce e acompanhamento dos estudantes com dislexia, a ser realizada anualmente na segunda semana do mês de outubro”, diz o texto.

Foto: Reprodução/FacebookRejane Dias
Rejane Dias

O projeto de lei propõe ainda que as equipes multidisciplinares responsáveis pela identificação dos casos sejam compostas obrigatoriamente de um profissional de Psicologia, Fonoaudiologia e Psicopedagogia.

“A dislexia é um distúrbio genético que dificulta o aprendizado e a realização da leitura e da escrita. O cérebro, por razões ainda não muito bem esclarecidas, tem dificuldade para encadear as letras e formas as palavras, e não relaciona direito os sons às sílabas formadas. Como sintoma, a pessoa começa a trocar a ordem de certas letras ao ler e escrever”, escreveu Rejane na justificativa.

“Antes de afirmar que uma pessoa é disléxica, é preciso descartar a ocorrência de deficiências visuais e auditivas, déficit de atenção, escolarização inadequada, problemas emocionais, psicológicos e socioeconômicos que possam interferir na aprendizagem”, continuou a parlamentar.

Rejane destacou ainda que é importante estabelecer o diagnóstico precoce para evitar que sejam atribuídos aos portadores do transtorno rótulos depreciativos com reflexos negativos.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.