GP1

Política

Prefeito Dr. Pessoa diz que corte no salário de enfermeiros é culpa da União

“Esses reclames dos funcionários da área da saúde não são de cunho local, mas sim uma atitude do Governo Federal", afirmou o prefeito.

O prefeito de Teresina, Dr. Pessoa, falou nesta segunda-feira (1º) sobre os cortes realizados nos contracheques dos profissionais de enfermagem que atuam na linha de frente da covid-19. Eles ameaçam entrar em greve.

Dr. Pessoa reforçou a fala da Fundação Municipal de Saúde de que os recursos eram pagos pelo Governo Federal. “Esses reclames dos funcionários da área da saúde não são de cunho local, mas sim uma atitude do Governo Federal. Mas, eu não estou jogando pedra no Governo Federal não, lá eles traçam a economia macro e nós traçamos a economia micro”, afirmou.

Foto: Lucas Dias/GP1Dr. Pessoa
Dr. Pessoa

Segundo o prefeito, a prefeitura ficou com o ônus que deveria ser do Governo Federal. “Nós estamos com ônus da responsabilidade de algumas coisas que deveriam ter sido sanadas ou continuadas pelo Governo Federal”, declarou.

“Por isso, é um momento em que todos nós temos que ter calma e tranquilidade, porque não é uma atitude de responsabilidade do Governo Municipal e nem quero dizer que é do Governo Federal, nem Estadual, mas nossa obrigação nós estamos fazendo de maneira republicana”, completou Dr. Pessoa.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.