GP1

Política

Venício do Ó não descarta assumir PTB e firmar aliança com PP em 2022

"Se for necessário posso seguir no PTB e até assumir o comando", disse o vice-presidente do partido.

O PTB do Piauí tem grandes chances de, nas eleições de 2022, seguir para oposição e firmar aliança com o Progressistas do senador Ciro Nogueira, provável destino do atual presidente da sigla petebista no Estado, o ex-senador João Vicente Claudino.

O GP1 conversou, nesta quinta-feira (01/04), com o vice-presidente do PTB no Piauí, Venício do Ó, que confirmou o possível destino. Ele também não descartou a possibilidade de seguir na legenda e assumir as rédeas da sigla, se houver esta coligação futuramente.

Foto: Marcelo Cardoso/GP1Prefeito de Pimenteiras, Venício do Ó
Venício do Ó

"Se for necessário posso seguir no PTB e até assumir o comando. Não está descartado o PTB na oposição", disse o vice-presidente estadual da sigla, que também considera viável um alinhamento com PP, sobretudo, com a iminente ida de João Vicente para a legenda em questão.

"É possível sim [aliança com Progressistas], sem dúvidas isso poderá ser discutido", afirmou Venício do Ó, que revelou desejo de ver o PTB na oposição.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.