GP1

Política

Zé Santana quer união no MDB em apoio ao seu nome na eleição do TCE

“É natural que qualquer parlamentar que faça parte de um partido espere união e soma de esforços", disse.

O deputado licenciado e secretário da Assistência Social do Piauí, Zé Santana, candidato a vaga de conselheiro do Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI), afirmou nessa terça-feira (24) que espera a união dos deputados do MDB em torno do seu nome.

Dos cinco deputados, João Mádison, Pablo Santos e Henrique Pires declararam voto a Zé Santana, já Themístocles Filho e Severo Eulálio ainda não se manifestaram.

Foto: Lucas Dias/GP1Zé Santana
Zé Santana

“É natural que qualquer parlamentar que faça parte de um partido espere unidade, união e soma de esforços de um partido como o MDB que tem seis deputados estaduais em prol de um projeto”, afirmou Zé Santana

Questionado se poderia haver um consenso em torno do nome, já que a base aliada tem quatro candidatos na disputa, Zé Santana respondeu que se fosse consenso em torno de seu nome, ele trabalharia para isso. “Não depende de mim, consenso é algo que a gente depende da opinião de todos, da nossa parte, principalmente, se for consenso para convergir em prol da nossa candidatura certamente faremos de tudo pra isso”, declarou Santana.

Marcelo Castro quer apoio

O senador e presidente estadual do MDB, Marcelo Castro, já falou que vai pedir para que o partido vote no deputado estadual Zé Santana, único nome da sigla no pleito para a Corte de Contas.

“Não vou orientar, claro que vou pedir [para que MDB vote em Santana]”, disse o senador Marcelo Castro.

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.