GP1

Saúde

Moradores denunciam focos de Aedes aegypti na Construtora Jurema

O terreno da empresa funciona como uma espécie de garagem e depósito, e fica situado na rua Miguel Arco Verde, número 267.

O GP1 recebeu denúncia de moradores do bairro Noivos, zona leste de Teresina, sobre um terreno da construtora Jurema, onde há uma grande quantidade de pneus, que ficam expostos, podendo assim acumular água da chuva, o que pode gerar focos do mosquito transmissor da Dengue, Aedes aegypti.

  • Foto: DivulgaçãoLocal funciona como depósito e garagem da empresaLocal funciona como depósito e garagem da empresa

O lugar funciona como uma espécie de garagem e depósito da empresa, e fica situado na rua Miguel Arco Verde, número 267. Pessoas que moram próximo ao terreno enviaram fotos do local, onde é possível ver, além dos pneus, peças de caminhões e tratores, que também podem acumular água.

  • Foto: DivulgaçãoTerreno da Construtora JuremaTerreno da Construtora Jurema

Centro de Zoonoses

O GP1 conversou com a gerente do Centro de Zoonoses de Teresina, Oriana Bezerra. Ela explicou que o terreno é constantemente vistoriado por se tratar de um local com potenciais criadores de foco do Aedes aegypti. “Esses locais, bem como muitos terrenos, são visitados periodicamente, de quinze em quinze dias. Quando se constata algum foco do mosquito tomamos as providências necessárias”, informou.

Outro lado

Procurado pelo GP1, nenhum responsável pela construtora Jurema foi localizado para comentar a denúncia. 

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.