GP1

Saúde

Gêmeos morrem de covid-19 com apenas seis dias de diferença no RJ

Fábio e Felipe Cuiabano eram gêmeos univitelinos e foram internados com apenas um dia de diferença.
Por Estadão Conteúdo

O advogado Felipe Cuiabano Barbosa, de 56 anos, morreu nesse domingo, 14, vítima da covid-19. Ele estava internado em uma clínica na zona sul do Rio de Janeiro desde 24 de dezembro do ano passado. A morte de Barbosa aconteceu seis dias após a morte de seu irmão gêmeo, o dermatologista Fábio Cuiabano, que também estava com a doença.

Fábio e Felipe Cuiabano eram gêmeos univitelinos. Além de ambos morrerem em virtude da doença provocada pelo novo coronavírus, outro detalhe que chamou a atenção é que eles precisaram ser internados com apenas um dia de diferença.

Foto: Reprodução/FacebookFábio e Felipe Cuiabano
Fábio e Felipe Cuiabano

Vacinação será suspensa no Rio

A cidade do Rio de Janeiro interromperá sua campanha de vacinação contra a covid-19 por falta de imunizantes. A informação foi confirmada no início da manhã desta segunda-feira, 15, pelo prefeito Eduardo Paes (DEM), que no sábado chegou a dizer que "tinha expectativa" de receber um novo lote em até 48 horas.

Além do Rio, outras cidades da região metropolitana e da baixada fluminense também já anunciaram que possuem doses suficientes para prosseguir com a vacinação por apenas mais alguns dias.

Uma alternativa que está sendo estudada é utilizar o imunizante reservado para a segunda dose de quem já se vacinou, mas isso dependerá da garantia de que um novo lote seja entregue até a primeira semana de março.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.