Colunista Brunno Suênio
GP1

Tribunal de Justiça vai apurar falta de envelope na 4ª vara em Teresina

Segundo o Tribunal de Justiça do Piauí, "serão tomadas providências" para apurar as "responsabilidades".

A assessoria de comunicação do Tribunal de Justiça do Estado do Piauí (TJ-PI) encaminhou na manhã desta sexta-feira (27) esclarecimento a este colunista a respeito da nota intitulada “Crise no Judiciário do Piauí: ação está parada por falta de envelope que custa R$ 0,50”.

Segundo a assessoria de comunicação, o Poder Judiciário Piauiense é administrado com equilíbrio financeiro e planeja todas as suas ações, inclusive, a “aquisição e reposição de materiais e bens de consumo; possuindo, no estoque de seu almoxarifado envelopes de diversos tamanhos e outros materiais”.

Por essa razão, “serão tomadas providências com relação a procedimento administrativo para apurar as responsabilidades que ocasionaram a suposta não reposição de material de consumo na 4ª Vara dos Feitos da Fazenda Pública de Teresina”.

Confira a nota de esclarecimento do TJ-PI na íntegra:

Em relação à matéria Crise no Judiciário do Piauí: ação está parada por falta de envelope que custa R$ 0,50, publicada dia 26 de maio de 2022, o Tribunal de Justiça e a Corregedoria Geral da Justiça do Piauí esclarecem que o Poder Judiciário piauiense é administrado com equilíbrio financeiro e planeja todas as suas ações, inclusive a aquisição e reposição de materiais e bens de consumo; possuindo, no estoque de seu almoxarifado, envelopes de diversos tamanhos e outros materiais, para bem abastecer as unidades administrativas e judiciárias de todo o Estado.

Por essa razão, serão tomadas providências com relação a procedimento administrativo para apurar as responsabilidades que ocasionaram a suposta não reposição de material de consumo na 4ª Vara dos Feitos da Fazenda Pública de Teresina.

O Poder Judiciário do Piauí se encontra à disposição para prestar os esclarecimentos que se fizerem necessários.

*** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do GP1

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.