Colunista Herbert Sousa
GP1

Por que o governador do Amazonas Wilson Lima ainda não está preso?!

O país está assistindo nos últimos dias o resultado de uma administração desastrosa no estado.

A Polícia Federal precisa agir imediatamente no estado do Amazonas. O governador Wilson Lima (PSC) deve ser responsabilizado pela situação calamitosa em que Manaus se encontra e precisa esclarecer onde estão os R$ 11,27 bilhões que o Governo Federal enviou para o estado combater a covid-19.

O país está assistindo nos últimos dias o resultado de uma administração desastrosa no estado. Faltou oxigênio para os pacientes, faltaram ventiladores mecânicos, faltaram leitos, faltaram covas e faltou um governador para o estado do Amazonas.

Foto: Sandro Pereira/FotoArena/Estadão ConteúdoWilson Lima
Wilson Lima

A situação é dramática, profissionais da saúde tiveram que assistir pacientes com covid-19 morrerem sufocados sem poder fazer nada. O triste cenário sensibilizou artistas, que iniciaram campanhas em redes sociais para comprar suprimentos para os hospitais da Manaus. Mais uma vez fica o questionamento, onde estão os R$ 11,27 bilhões enviados para as mãos de Wilson Lima?

Em junho do ano passado o governador do estado chegou a ser alvo da "Operação Sangria" da Polícia Federal acusado de desviar recursos federais destinados ao combate a covid-19, depois de comprar respiradores de uma empresa de importação de vinhos. A PF constatou que o valor desviado ultrapassava R$ 2 milhões. A secretária de Saúde do Estado, Simone Papaiz chegou a ser presa, mas acabou sendo solta cinco dias depois, ela e mais dois investigados. À época, a PF chegou a pedir a prisão do governador, mas a Justiça negou o pedido.

Outro fato grave, revelado em reportagem do Estadão, foi que governador Wilson Lima foi informado pela própria Secretaria de Estado da Saúde que o oxigênio era insuficiente para atender a demanda dos hospitais. Mesmo assim, o governador cruzou os braços e nada fez para evitar o colapso da saúde do estado.

Nesta terça-feira (19) a prefeitura de Coari, cidade no interior do Amazonas, anunciou que sete pacientes internados com covid-19 morreram por falta de oxigênio. Conforme nota publicada pela Secretaria de Saúde do Município, estava previsto a chegada de 40 cilindros de oxigênio nesta segunda (18), o que não aconteceu, por pura falha de planejamento, e acabou matando mais essa sete pessoas.

É importante que a população entenda quem são os verdadeiros responsáveis pela situação trágica instalada em Manaus (AM). O coronavírus, com toda sua letalidade, pode ser considerado um inimigo pequeno, se comparado aos corruptos que saqueiam os cofres públicos comprometendo a saúde do povo em plena pandemia. A Polícia Federal precisa voltar os olhos novamente ao Amazonas e pedir imediatamente (mais uma vez) a prisão do governador Wilson Lima.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.