Blog Opinião
GP1

Devagar com o andor, Pedro Simon


Intrigante a declaração do senador Pedro Simon (PMDB-RS): "Se o PMDB não tiver candidato próprio, eu me inclino pela Dilma. Ela é formidável. O governo Lula pode ser dividido em dois: antes e depois de Dilma na Casa Civil.”

O senador só pode estar em fim de carreira política para acenar com a hipótese de apoiar a guerrilheira Dilma Rousseff. Ela é uma "formidável" guerrilheira e assaltante de banco; muitos civis e militares perderam vidas por sua atuação. Mas o senador não está de todo equivocado porque presidir o País qualquer um pode, até o Lula conseguiu, isto é, copiou toda a política econômica de FHC, mas continua a negar.

Será que por todo este tempo o senador me enganou e a muitos, que o ajudaram pelo voto a ser governador e estar no Parlamento?

O País não precisa de uma prepotente, de uma mulher de calça para nos governar. Ademais, qual a sua bagagem política? Qual o seu projeto? O continuísmo do Lula? O País não precisa de uma biruta ao sabor do vento Lula.

*Julio César Cardoso é bacharel em Direito e servidor federal aposentado

*** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do GP1

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.