Blog Opinião
GP1

Empresas se solidarizam com Construtora Sucesso


A briga entre o governador Wilson Martins e o Grupo Claudino saiu da raia local e ganhou destaque nacional na revista Veja, em sua edição on line. No âmbito local, os jornais de Teresina trouxeram na edição de ontem notas de empresas piauienses solidárias à Construtora Sucesso. As notas de solidariedade se repetem na edição de hoje. Todas as empresas manifestam apoio à empreiteira, ressaltando a conduta ilibada e a honradez do grupo, principalmente no cumprimento dos compromissos assumidos.

Nota da Ferronorte Industrial Ltda. dá conta de que "a Construtora Sucesso é nosso cliente há 10 anos, gozando de uma credibilidade ilibada". Já a Cacique, empresa que opera no ramo de combustíveis e outros derivados de petróleo, informa que, "como fornecedora e cliente, reconhecemos a forma séria com que a Construtora Sucesso trata seus negócios e contribuiu para o crescimento do Piauí".

Por sua vez, a empresa Marcosa vai direto ao assunto e diz: "Solidarizamo-nos com a Construtora Sucesso S.A., empresa que honra as tradições empresariais do Piauí com sua reconhecida responsabilidade junto aos clientes, fornecedores e colaboradores". A Spic e a Rede Máquinas também lançaram notas de solidariedade ao Grupo Claudino.

A briga entre o governo e o mais poderoso grupo econômico do Piauí tem a ver com a eleição de 2010 para governador. De um lado, o governador Wilson Martins tentando a reeleição. Do outro, o senador João Vicente Claudino, herdeiro do grupo e também candidato a governador, pelo PTB. O governo acusa a Construtora Sucesso de paralisar obras no interior para prejudicar a campanha do governador. Os Claudino responderam, informando que o estado deve só à construtora R$ 30 milhões. O estado rebateu, afirmando que já pagou R$ 114 milhões à empreiteira. Na tréplica, a Sucesso informou que a obra de Teresina que trata da mudança da encanação está em atraso no que se refere ao pagamento das parcelas vencidas, mas que mesmo assim, não vai parar em respeito à população. O governo silenciou.

*COLUNA DO ZÓZIMO TAVARES PUBLICADA NO JORNAL DIÁRIO DO POVO

*** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do GP1

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.