Blog Opinião
GP1

Irmã Dulce: Filme de Vicente Amorim


*Josenildo Melo
Imagem: GP1Josenildo Melo(Imagem:GP1)Josenildo Melo
Se dedicar aos pobres e miseráveis da sociedade é algo raro, mas ainda hoje existente em todo o mundo. Uma vida inteira dedicada a quem realmente necessita deve ter de fato seu sentido. Certa vez encontramos alguém simples e em meio a grande miséria construindo algo que ninguém jamais ousaria construir naquele lugar; eis a pergunta: o que você sente? O que jamais senti em toda a minha vida! É algo que nem mesmo eu consigo explicar; eis a resposta! Quem era? Um jovem senhor altamente inteligente e que disse que resolveu acreditar que o sentido é fazer o bem sem olhar a quem!

O que é a Miséria? Miséria significa mendicância, estado de penúria. É uma expressão usada quando pertinente à falta de necessidades básicas para a sobrevivência. Miséria significa ainda mesquinharia, avareza, que é o apego ao dinheiro, à valorização demasiada dos bens materiais.

Desigualdade social é a divisão existente na sociedade, a partir do status social do indivíduo. É o resultado da forma como as pessoas vivem dentro de uma nação. É a divisão dos indivíduos a partir das classes sociais, demonstrando a desigualdade existente entre eles, seja ela econômica, profissional ou até mesmo nas oportunidades. A disparidade de renda entre os indivíduos existe e sempre existiu em todas as sociedades. A desigualdade em excesso é danosa, quando uma parcela expressiva da população é privada das condições básicas de vida, enquanto uma pequena elite vive na riqueza. Pode-se perceber a diferença entre as pessoas das diversas classes sociais, seja no modo de vestir, de morar e até no grau de influência do indivíduo dentro da sociedade. A desigualdade social se torna maior para os indivíduos que vivem na extrema pobreza, na mendicância.

O mundo contemporâneo de certa forma tenta esconder ou debater sobre as realidades da pobreza e da miséria que assola inúmeras pessoas diariamente em todo o mundo. Assistir ao filme de Irmã Dulce pode provocar a certeza de que nada está perdido; sempre vai existir pessoas que são capazes de doar a própria vida em favor de quem realmente bem mais precisa. A pobreza e a miséria são construções tão brutais na vida humana que assim que algumas pessoas se libertam da mesma, quase sempre procuram se distanciar o máximo possível da própria realidade em que um dia vivenciou. A fuga não leva a lugar nenhum; o mundo precisa voltar a refletir de fato sobre a miséria!

“Irmã Dulce” narra a trajetória da beata indicada ao Nobel da Paz e chamada em vida de “Anjo Bom da Bahia” graças a sua dedicação abnegada aos necessitados, doentes e miseráveis. Capaz de atravessar Salvador de madrugada para amparar um menino de rua ou de pedir dinheiro a políticos em pleno palanque, Irmã Dulce enfrentou o preconceito, o machismo, além de sua própria doença respiratória, para construir sua obra social. Candidata à canonização, a religiosa reúne três qualidades definidoras dos brasileiros: fé, alegria e obstinação.

Clique aqui e assista aoTrailer

Cuidar dos pobres e se doar é virtude e não defeito; não é ter coração mole! É um dom de Deus. O que é virtude? Virtude é uma qualidade moral particular e vem do grego e latim. Virtude é a disposição de um indivíduo de praticar o bem; e não é apenas uma característica, trata-se de uma verdadeira inclinação, virtudes são todos os hábitos constantes que levam o homem para o caminho do bem. Há diferentes usos do termo, que estão relacionados com a força, a coragem, o poder de agir, a eficácia de um ou a integridade da mente. Virtude é um conceito que remete para a conduta do ser humano, quando existe uma adaptação perfeita entre os princípios morais e a vontade humana.

Existe uma máxima de QUE quem gosta de pobreza é intelectual e isso não é demérito é apenas e simplesmente porque uma mente dilatada e expansivamente compreensiva leva a entender realmente o mundo em suas riquezas e suas pobrezas. O sentido etimológico do termo pobreza, riqueza e miséria são relativos; no entanto a grandeza de espírito consiste na virtude intelectual do SER. Há virtudes intelectuais, que são ligadas à inteligência e as virtudes morais, que são relacionadas com o bem. Assista ao filme de Vicente Amorim sobre Irmã Dulce; pois a virtude intelectual consiste na capacidade de aprender com o diálogo e a reflexão em busca do verdadeiro conhecimento!!

*Josenildo Melo é Católico. Assistente e Jornalista. Estudante de Direito.

*** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do GP1

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.