GP1

Prefeitos vão gastar R$ 10 milhões com peças para veículos no Piauí

O Ministério Público e Tribunal de Contas devem ficar atentos e investigar estas contratações.

Atenção Ministério Público e Tribunal de Contas!

Alguns prefeitos de municípios piauienses, em plena pandemia da covid-19, não se preocupam em esconder o derramamento de dinheiro público com realização de contratações em valores exorbitantes. O montante que está sendo gasto com peças para veículos, por exemplo, salta aos olhos.

Prevendo uma quebradeira generalizada nos veículos e máquinas da municipalidade, os gestores estão realizando contratos, alguns deles milionários, para aquisição de peças de veículos.

A colunista apurou que 16 gestores, abusando da inocência de seus eleitores, estão gastando valores astronômicos com peças para manutenção de veículos.

Somando todos os contratos, a maioria deles com validade até dezembro de 2021, é possível constatar que os 16 gestores vão gastar somente neste ano o total de R$ 10.184.890,91 (dez milhões, cento e oitenta e quatro mil, oitocentos e noventa reais e noventa e um centavos), com aquisição de peças, fazendo assim uma verdadeira farra com dinheiro público.

O Ministério Público e Tribunal de Contas devem ficar atentos e investigar esses contratos, que são no mínimo “suspeitos”.

Confira os nomes dos gestores que gastaram valores exorbitantes com peças de veículos, bem como os valores de cada contratação:

Antônio Luiz Neto (MDB) - Ribeira do Piauí: R$ 404.164,00 (quatrocentos e quatro mil, cento e sessenta e quatro reais) - Validade do contrato: 25 de março de 2021 até 31 de dezembro de 2021;

Carmen Gean (Progressistas) - Brasileira: R$ 239.000,00 (duzentos e trinta e nove mil reais) - Validade do contrato: março de 2021 a 31 de dezembro de 2021;

Deborah Sayonara (MDB) -São Braz do Piauí: R$ 426.210,63 (quatrocentos e vinte e seis mil, duzentos e dez reais e sessenta e três centavos) - Validade do contrato: 05 de abril de 2021 até 31 de dezembro de 2021;

Dr. Naerton Moura (Progressistas) - Sussuapara: R$ 1.654.887,00 (um milhão, seiscentos e cinquenta e quatro mil, oitocentos e oitenta e sete reais) - Validade do contrato: março de 2021 até 31 de dezembro de 2021;

Dr. Tico (PSD) - Campo Grande do Piauí: R$ 825.435,10 (oitocentos e vinte e cinco mil, quatrocentos e trinta e cinco reais e dez centavos) - Validade do contrato: março de 2021 a 31 de dezembro de 2021;

Edilson Capote (PSD) - Barras: R$ 2.155.067,15 (dois milhões, cento e cinquenta e cinco mil, sessenta e sete reais e quinze centavos) - Validade do contrato: 30 de abril de 2021 com validade de 12 meses;

Elson Silva (MDB) - São João da Canabrava: R$ 385.779,03 (trezentos e oitenta e cinco mil, setecentos e setenta e nove reais e três centavos) - Validade do contrato: 23 de março de 2021 com prazo de validade não informado;

Joercio Andrade (MDB) - Guaribas: R$ 502.446,00 (quinhentos e dois mil, quatrocentos e quarenta e seis reais) - Validade do contrato: fevereiro de 2021 a 31 de dezembro de 2021;

Júnior de Abel (MDB) - Curral Novo do Piauí: R$ 635.873,15 (seiscentos e trinta e cinco mil, oitocentos e setenta e três reais e quinze centavos) – Validade do contrato: assinado em 15 de abril de 2021 com validade de 12 meses;

Leo Leite (Progressistas) - Pedro Laurentino: R$ 608.000,00 (seiscentos e oito mil reais) - Validade do contrato: assinado em 08 de março com validade de 12 meses;

Lindenberg Vieira da Silva (PT) - Ribeiro Gonçalves: R$ 705.240,00 (setecentos e cinco mil, duzentos e quarenta reais) - Validade do contrato: 25 de março de 2021 com prazo de validade não informado;

Maurício Martins (Progressistas) - Rio Grande do Piauí: R$ 353.715,00 (trezentos e cinquenta e três mil e setecentos e quinze reais) - Validade do contrato: 14 de abril de 2021 até 31 de dezembro de 2021;

Osmundo Andrade (MDB) - Itaueira: R$ 731.000,00 (setecentos e trinta e um mil reais) - Validade do contrato: assinado em 23 de março de 2021 com prazo de validade não informado;

Rivaldo Carvalho (Progressistas) - Massapê do Piauí: R$ 790.653,85 (setecentos e noventa mil, seiscentos e cinquenta e três reais e oitenta e cinco centavos) - Validade do contrato: assinado em 31 de março de 2021 com validade de 12 meses;

Tairo Mesquita (Republicanos) - Santo Inácio do Piauí: R$ 302.234,00 (trezentos e dois mil duzentos e trinta e quatro reais) - Validade do contrato: março de 2021 até 31 de dezembro de 2021;

Veríssimo Siqueira (PT) – Santa Rosa do Piauí: R$ 1.041.608,00 (um milhão, quarenta e um mil, seiscentos e oito reais) - Validade do contrato: assinado em 12 de abril de 2021 com validade de 12 meses.

*** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do GP1

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.