GP1

Brasil

Escolas do Grupo Especial do Rio não serão rebaixadas este ano

A decisão é devido aos dois acidentes envolvendo carros alegóricos da Paraíso do Tuiuti, na segunda (27) e da Unidos da Tijuca, na terça (28), onde pelo menos 35 pessoas ficaram feridas.

Em uma reunião realizada em caráter de emergência nesta quarta-feira (1º), pela Liga Independente das Escolas de Samba do Rio (Liesa), ficou decidido que nenhuma escola do Grupo Especial será rebaixada para o Grupo de Acesso da Série A.  A decisão é devido aos dois acidentes envolvendo carros alegóricos da Paraíso do Tuiuti, na segunda (27) e da Unidos da Tijuca, na terça (28), onde pelo menos 35 pessoas ficaram feridas.

De acordo com a Extra, diretores da Liesa e presidentes de todas as escolas de samba estiveram presente na reunião. Todos os presidentes das agremiações concordaram com a decisão. Segundo as regras, a última colocada deve ser rebaixada para o Grupo de Acesso e outra sobe. dessa forma, será mantida a ida de uma escola para Grupo Especial.

  • Foto: Rodrigo Gorosito/G1Carro alegórico da escola Paraíso do TuiutiCarro alegórico da escola Paraíso do Tuiuti

Em 2011, uma decisão parecida foi tomada pela Liesa, quando um incêndio na Cidade do Samba destruiu os barracões da Grande Rio, União da Ilha e Portela. A apuração das nota quarta-feira começa às 16h45.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.