GP1

Brasil

Alepi aprova voto de louvor por escolha de Kássio Marques ao STF

Kássio toma posse, nesta quinta-feira (05), às 16 horas, com promessa de atuação "objetiva", disposição ao diálogo e “garantismo”.

A Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi) aprovou, na sessão virtual desta quarta-feira (4), voto de louvor proposto pelo deputado Henrique Pires (MDB) ao presidente da República, Jair Bolsonaro, pela escolha do desembargador piauiense Kássio Nunes Marques, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região, para ministro do Supremo Tribunal Federal (STF).

Kássio toma posse, nesta quinta-feira (05), às 16 horas, com promessa de atuação "objetiva", disposição ao diálogo e “garantismo”. Ele vai ocupar a vaga aberta com a aposentadoria do ministro Celso de Mello.

  • Foto: Gabriela Biló/Estadão ConteúdoKassio Nunes MarquesKassio Nunes Marques

Aprovação

Ele foi aprovado no Senado Federal com 57 votos favoráveis, 10 contrários e uma abstenção. Na sabatina, o desembargador foi questionado sobre temas como a Operação Lava Jato, quarentena para juízes que querem ser candidatos, aborto, direito LGBT, inconsistências em seu currículo, entre outros assuntos.

Perfil

O novo ministro do STF tem 48 anos e poderá permanecer na Corte até 2047, quando completará 75 anos – idade pela qual os ministros se aposentam de forma compulsória, pela regra atual.

Natural de Teresina (PI), Kássio Marques foi advogado por 15 anos, fez parte da Comissão Nacional de Direito Eleitoral e Reforma Política da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) do Piauí e também foi juiz do Tribunal Regional Eleitoral do estado.

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.