GP1

Brasil

General Villas Bôas é exonerado do cargo de assessor

A exoneração consta de edição extra do Diário Oficial da União (DOU) desta terça-feira.
Por Estadão Conteúdo

Ex-comandante do Exército, o general Eduardo Villas Bôas foi exonerado a pedido do cargo de assessor especial do ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), Augusto Heleno. Ele estava no cargo desde janeiro de 2019, início do governo Jair Bolsonaro (PL). A exoneração consta de edição extra do Diário Oficial da União (DOU) desta terça-feira.

Foto: Fátima Meira/Futura Press/Estadão ConteúdoVillas Bôas
Villas Bôas

Villas Bôas foi o centro de uma polêmica em 2018, quando fez uma postagem no Twitter sobre impunidade no momento em que o Supremo Tribunal Federal (STF) julgava um pedido de habeas corpus do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). A publicação foi interpretada em tom de ameaça.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.