Fechar
GP1

Brasil

Rio Grande do Sul confirma 2ª morte por leptospirose

A vítima foi um homem de 33 anos, que não teve a identidade revelada. Ele morreu na sexta (17).

O Governo do Rio Grande do Sul confirmou, nessa terça-feira (21), a segunda morte por leptospirose no estado. A vítima foi um homem de 33 anos, de Venâncio Aires, que não teve a identidade revelada. Ele morreu na sexta-feira (17), depois de contrair a doença durante as enchentes que atingem a região desde o início de maio.

A primeira morte registrada pela doença foi a de um idoso de 67 anos do município de Travesseiro, no Vale do Taquari. A leptospirose é transmitida pela urina de animais infectados, que são vetores da bactéria leptospira.

Segundo especialistas, o risco de infecção em períodos de alagamentos, como os que ocorrem atualmente no Estado, aumenta significativamente.


No município de Venâncio Aires, foram confirmados três casos de leptospirose no mês de maio, e outros 23 estão em análise pelo Centro de Atendimento de Doenças Infecciosas (Cadi).

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2024 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.