Florentino Neto diz ser amigo de Ciro e vota em quem o PT indicar

- atualizado

Empossado secretário de Saúde do Estado do Piauí, recentemente, o ex-prefeito de Parnaíba, Florentino Neto, revelou nesta quarta-feira (31), ser amigo do senador Ciro Nogueira, presidente nacional do PP, de quem admitiu ter recebido ajuda na eleição em que se tornou prefeito e agora na última, que perdeu, mas votará em 2018 nos candidatos que a direção do seu partido, o PT, recomendar. Disse acreditar, porém, que a candidatura de Ciro à reeleição de senador terá o apoio de todos que estiveram ao lado do governador Wellington Dias.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Florentino NetoFlorentino Neto

Florentino Neto, segundo comentários nos meios políticos, teria sido nomeado para a Secretaria de Saúde do Estado por decisão pessoal do governador Wellington Dias, depois da crise vivida com o recuo na indicação de um nome do PP de Ciro para substituir o então secretário, Francisco Costa. A indicação do ex-prefeito de Parnaíba para o cargo teria sido uma solução encontrada para agradar o deputado federal Assis Carvalho e Ciro Nogueira.

EXCLUSIVAS

Receptivo

  • Foto: Marcelo Cardoso/GP1Pablo Santos Pablo Santos

Nota-se que o secretário de Saúde, Florentino Neto, está com a maior boa vontade para ajudar o deputado Pablo Santos, presidente da Fundação Hospitalar do Estado, a realizar o seu trabalho.

Coluna acertou de novo

Leitores desta modesta coluna tomaram conhecimento de que a Fundação Hospitalar, pelo menos no início, só teria controle sobre seis hospitais do Estado. É justamente isso que vai acontecer.

Getúlio Vargas é vitória

Pablo Santos (PMDB), já nomeado presidente da Fundação Hospitalar, apesar de ficar com o controle de apenas seis hospitais, pode comemorar uma vitória: o Hospital Getúlio Vargas, o mais importante do Estado, ficará sob sua influência.

Vitória política

O presidente Pablo Santos, também comemora o fato de o Hospital Justino Luz, de Picos, onde está montada sua principal base política, ter ficado sob o controle da fundação que preside.

São Raimundo Nonato

O Hospital Regional de São Raimundo Nonato, também considerado de grande importância, é outro estabelecimento que será administrado pela fundação presidida por Pablo Santos.

Ainda a eleição do Sebrae

Há um consenso sobre uma das motivações que levaram à derrota de Júlio César no Conselho Deliberativo do Sebrae do Piauí: o curto período de Valdeci Cavalcante na presidência do órgão teria sido, segundo fontes seguras, suficiente para um desmantelo de muitas práticas pouco republicanas.

Empurrados pela goela

Os "bancos" que têm votos no Conselho Deliberativo do Sebrae teriam mudado seus votos no meio da tarde, poucas horas antes da eleição, pelos motivos que a coluna já revelou. Um detalhe: votaram "empurrados pelas goelas" em favor de alguns de seus devedores.

Dinheiro sobrando

Em Monsenhor Gil, na contramão de tudo, prefeito resolve aumentar salários de ocupantes de cargos auxiliares, como chefe de transporte e chefe de gabinete, deixando-os maior que os de vereadores. Para completar, até subsecretários que, a rigor, não fazem nada, terão seus proventos majorados.

Volta do exílio voluntário

Assessor com nome e sobrenome iguais, que há poucos anos se notabilizou pela esperteza e tinha partido para autoexílio em bela e ensolarada capital, foi reabilitado e, dizem políticos atentos, já operam com a mesma desenvoltura.

Canto de carroceria

A reabilitação do homem de dois nomes, levou à desgraça velho e eficiente colaborador que nunca deixou Teresina em definitivo e mantinha com colegas relacionamento proveitoso.

"Deixe de ser covarde"

  • Foto: José Maria Barros/GP1Deputada Belê MedeirosDeputada Belê Medeiros

A frase acima,pronunciada pela deputada Belê Medeiros (PP) na direção do prefeito de Picos, padre Walmir, tem sido repetida até por religiosos de Teresina que ficaram indignados com o fato de o gestor ter retirado a ajuda para a APAE de Picos.

Voltar para a home

Todo conteúdo, imagem e/ou opiniões constantes aqui neste espaço são de responsabilidade civil e penal exclusiva do colunista. O material aqui divulgado não mantém qualquer relação com a opinião editorial do GP1.

Sobre o autor

Bacharel em Direito, Feitosa Costa é jornalista desde 1977 e escreve a Coluna Política & Bastidores. Contato: (86) 98162 1515 / 99987 8114