GP1

Coronavírus no Piauí

Wellington Dias prorroga estado de calamidade pública por mais 180 dias

O decreto foi assinado depois que a Assembleia Legislativa do Piauí aprovou, nessa segunda-feira (21), a prorrogação da situação de calamidade.

O governador Wellington Dias assinou decreto nº 19.398, de 21 de dezembro, que prorroga até 30 de junho de 2021, estado de calamidade pública em razão da grave crise de saúde pública decorrente da pandemia da covid 19, e suas repercussões nas finanças públicas.

Clique aqui e confira o decreto na íntegra

O decreto foi assinado depois que a Assembleia Legislativa do Piauí aprovou, nessa segunda-feira (21), a prorrogação da situação de calamidade. Todos os parlamentares estaduais presentes à sessão votaram a favor da prorrogação, à exceção do deputado B. Sá (Progressistas) que se absteve.

Foto: Lucas Dias/GP1Governador Wellington Dias
Governador Wellington Dias

De acordo com o documento, a persistência da crise da pandemia impõe a continuidade dos gastos públicos e o estabelecimento das medidas de enfrentamento da emergência de saúde pública de importância internacional decorrente do novo coronavirus.

Wellington considerou ainda que, apesar de todos os esforços do Estado do Piauí, suas instituições e seus agentes, em comunhão com a população piauiense, ainda se fazem sentir nas finanças estaduais os impactos negativos da pandemia do novo coronavírus, indicando que, apesar do muito que já foi feito em 2020, ainda há um caminho a percorrer em 2021.

Ele então decretou que fica prorrogado até 30 de junho de 2021, o Decreto nº 18.895, de 19 de março de 2020, que declarou estado de calamidade pública.

Consta ainda que o Comitê Científico do Comitê de Operações Emergenciais (COE/PI) deverá avaliar a cada 30 dias as medidas adotadas para se contrapor à disseminação da covid-19 visando a restauração da normalidade, e os seus efeitos, especialmente com vacinação para a imunização do povo do Piauí.

Por fim, a constatação da restauração da normalidade recomendando a extinção antecipada da vigência deste decreto, deverá ser submetida ao COE/PI, a ser convocado em sua composição plena.

Pedido feito a Bolsonaro

No dia 17 de dezembro, o governador Wellington Dias, presidente do Consórcio Nordeste, protocolou pedido de prorrogação de calamidade pública no Brasil por mais 180 dias por conta da pandemia do novo coronavírus (covid-19). A informação foi divulgada, no twitter, do chefe do executivo estadual.

O pedido foi encaminhado ao presidente Jair Bolsonaro, presidentes da Câmara e do Senado, Rodrigo Maia e Davi Alcolumbre, respectivamente, e aos líderes partidários, com apoio dos governadores do Brasil.

Segundo Wellington, a prorrogação por mais 180 dias é o período que deverá ser garantida a imunização dos brasileiros. “O reconhecimento legal da situação da calamidade por até mais 180 dias, prazo em que podemos ter imunização no Brasil, é necessário em razão do crescimento do coronavírus”, escreveu.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Covid-19: Wellington pede a Bolsonaro prorrogação de calamidade pública

Alepi aprova prorrogação de calamidade pública até junho de 2021

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.