GP1

Coronavírus no Piauí

Alepi aprova prorrogação de calamidade pública até junho de 2021

Todos os parlamentares estaduais presentes à sessão votaram a favor da prorrogação, à exceção do deputado B. Sá (Progressistas) que se absteve.

A Assembleia Legislativa do Piauí aprovou, nessa segunda-feira (21), projeto de autoria do líder do Governo, deputado Francisco Costa (PT), que prorroga até o dia 30 de junho de 2021 o Decreto Legislativo 565/20 que reconhece o estado de calamidade pública no Piauí em decorrência da pandemia do novo Coronavírus.

A prorrogação do estado de calamidade pública foi aprovada atendendo a uma solicitação feita pelo governador Wellington Dias, tendo em vista que a pandemia ainda não acabou.

Todos os parlamentares estaduais presentes à sessão votaram a favor da prorrogação, à exceção do deputado B. Sá (Progressistas) que se absteve.

Pedido feito a Bolsonaro

No dia 17 de dezembro, o governador Wellington Dias, presidente do Consórcio Nordeste, protocolou pedido de prorrogação de calamidade pública no Brasil por mais 180 dias por conta da pandemia do novo coronavírus (covid-19). A informação foi divulgada, no twitter, do chefe do executivo estadual.

O pedido foi encaminhado ao presidente Jair Bolsonaro, presidentes da Câmara e do Senado, Rodrigo Maia e Davi Alcolumbre, respectivamente, e aos líderes partidários, com apoio dos governadores do Brasil.

Segundo Wellington, a prorrogação por mais 180 dias é o período que deverá ser garantida a imunização dos brasileiros. “O reconhecimento legal da situação da calamidade por até mais 180 dias, prazo em que podemos ter imunização no Brasil, é necessário em razão do crescimento do coronavírus”, escreveu.

NOTÍCIA RELACIONADA

Covid-19: Wellington pede a Bolsonaro prorrogação de calamidade pública

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.