GP1

Coronavírus no Piauí

Covid-19: Decreto de Wellington autoriza uso de propriedade privada

Durante o período de pandemia, a Sedec está autorizada a usar de propriedade particular para executar medidas de combate ao coronavírus.

O decreto de número 18.942, assinado pelo governador Wellington Dias (PT) no dia 16 de abril, que estabelece calamidade pública devido a covid-19, criou algumas atribuições específicas a Secretaria de Estado da Defesa Civil do Piauí (Sedec).

Durante o período de pandemia, a secretaria está autorizada a usar de propriedade particular para executar medidas de combate ao coronavírus. A Sedec também está permitida a mobilizar servidores do estado e municípios para atuar caso seja necessário.

Voluntários também poderão ser convocados para colaborar com ações e realização de campanhas de arrecadação de recursos junto as comunidades.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Wellington DiasWellington Dias

Entrar em residências

O decreto estadual autoriza ainda os agentes da Defesa Civil a entrar nas residências para socorrer ou determinar a evacuação do local em que haja casos confirmados de covid-19.

“Se houver uma casa que tenha cinco moradores na qual um está contaminado e os outros se negam a se afastar dele, a gente pode entrar para orientar como os familiares devem proceder quanto ao distanciamento”, explicou o secretário da Defesa Civil, Geraldo Magela

O decreto assinado pelo governador Wellington Dias está em vigor em nível estadual e foi inserido no sistema integrado de informação de desastres, do Ministério de Desenvolvimento Regional, para reconhecimento federal.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Justiça libera entrega de 80 respiradores para o Piauí, diz Wellington

Wellington diz que vai destinar R$ 220 milhões para a área da Saúde

Wellington e 16 governadores pedem ao Senado aprovação do auxílio financeiro

Wellington Dias pede que teresinense não viaje no feriado antecipado

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.