GP1

Coronavírus no Piauí

Detento da Cadeia Pública de Altos está internado com suspeita de covid-19

O principal sintoma apresentado pelo paciente é a dispneia (falta de ar). Ele teve uma leve melhora, mas permanece na UTI do Hospital de Urgência de Teresina (HUT).

Um detento da Cadeia Pública de Altos, cuja identidade não foi revelada, está internado no Hospital de Urgência de Teresina (HUT), com suspeita de coronavírus (covid-19). O GP1 conversou na tarde deste domingo (10) com a advogada Lina Brandão, responsável pela defesa do rapaz, que prestou maiores informações sobre o caso.

De acordo com Lina Brandão, ele deu entrada no HUT na última quarta-feira (06), a princípio com sintomas aparentes da síndrome de Guillain Barré, doença inflamatória que ataca o sistema nervoso. A partir de então, começaram a surgir os sintomas da covid-19.

“Ele ainda permanece internado, fez um exame para covid-19, mas foi aquele teste rápido, que deu falso negativo. Então repetiram na manhã de ontem o exame para covid-19 e ele está na UTI respiratória do HUT”, afirmou.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Advogada Lina BrandãoAdvogada Lina Brandão

De acordo com a advogada, o principal sintoma apresentado pelo paciente é a dispneia (falta de ar). Ele teve uma leve melhora e não está mais entubado. “Ele está com dispneia, mas ontem à noite teve uma melhora. Ele estava com os rins comprometidos, os rins melhoraram, mas permanece na UTI, não está mais entubado”, informou.

O resultado do exame, que deve atestar ou não a doença, sai em até cinco dias, como explica Lina Brandão. “Ele vai permanecer lá até o resultado dos exames, tanto esse de covid, como outros exames, que acho que saem em no máximo cinco dias”, colocou.

Alerta

Para a advogada, esse caso suspeito de coronavírus acende um sinal de alerta em relação ao sistema prisional do Piauí. “Com certeza [é um sinal de alerta], porque ele teve contato com outros detentos, mas, de acordo com a Secretaria de Justiça, esses detentos foram isolados e também fizeram teste para covid-19”, concluiu.

Infecção de 48 detentos

Na última quinta-feira (07) a Secretaria de Estado da Justiça do Piauí (Sejus) havia informado que 48 detentos da Cadeia Pública de Altos foram acometidos por uma infecção desconhecida. Por precaução, foram coletadas amostras para a realização de testes de covid-19.

O que diz a Sejus

Procurada pelo GP1, a Sejus informou, por meio de nota, que até o momento não recebeu resultados de testes de covid-19 realizados nos detentos da Cadeia Pública de Altos.

Leia a nota:

A Secretaria de Estado da Justiça informa que até o momento não recebeu nenhum resultado de teste positivo para Covid-19 oriundo dos detentos da Cadeia Pública de Altos.

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.