GP1

Coronavírus no Piauí

Piauí não vai parar aplicação da 2ª dose da Coronavac, diz Wellington Dias

O risco de interrupção ocorreu devido as poucas doses da vacina chinesa que foram recebidas pelo Piauí.

O governador do Piauí, Wellington Dias (PT), afirmou nesta quinta-feira (29) que a Secretaria de Estado de Saúde (Sesapi), junto com o Comitê de Operações Especiais (COE) realizaram um monitoramento para que a aplicação da 2ª dose da Coronavac não seja interrompida no Piauí.

Dias pontuou que o risco de interrupção ocorreu devido as poucas doses da vacina chinesa que foram recebidas pelo Piauí, mas com o planejamento da distribuição dos imunizantes aos municípios foi possível manter a aplicação.

Ainda de acordo com o governador, o Piauí também poderá usar o total de 20 mil doses que estavam bloqueadas e assim completar o esquema vacinal de quem recebeu a 1ª dose da Coronavac.

Mais 71 mil doses

O Piauí vai receber mais 71.650 mil doses de vacinas contra a covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. O novo lote deve chegar na madrugada desta sexta-feira (30). Serão 70.250 mil doses da vacina AstraZeneca/Fiocruz e 1.400 doses da Coronavac/Sinovac/Butantan. As 71.650 doses fazem parte da 15ª remessa de vacinas para o combate da pandemia.

A AstraZeneca será destinada para a primeira dose de 48% do grupo de 60 a 64 anos e para 6% do público de forças de segurança e salvamento e para as forças armadas. Já as 1.400 doses da vacina Coronavac serão destinadas a 1% dos idosos de 60 a 64 anos.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.