GP1

Coronavírus no Piauí

FMS reabre agendamento para 2ª dose da vacina Pfizer em Teresina

O agendamento será para contemplar as pessoas que precisam tomar o reforço até o domingo (1).

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) vai abrir hoje (27) novo agendamento para vacinação contra a covid-19. A partir das 18h serão reabertas vagas para mais seis grupos prioritários, além da disponibilização de um novo agendamento para pessoas que precisam tomar a segunda dose da vacina da Pfizer até o dia 01/08 e não conseguiram na última sexta-feira (23).

O agendamento de segunda dose de Pfizer será para contemplar as pessoas que precisam tomar o reforço até o domingo (01) e ainda não conseguiram marcar. “A data disponível para a vacinação será o dia 29 de julho, mas quem tem segunda dose para o fim de semana pode agendar para algum desses dias, pois estará no limite estabelecido pelo Ministério da Saúde”, disse a coordenadora da campanha de vacinação contra a covid-19, Emanuelle Dias.

A coordenadora pede ainda que as pessoas que tem segunda dose marcada para depois de primeiro de agosto não façam agendamento agora e aguarde a abertura específica para a próxima semana. Ela informa que toda sexta-feira a FMS vai abrir agendamento para segunda dose, sempre com datas para a semana seguinte. “Portanto, quem tem segunda dose para depois do dia primeiro de agosto, deve esperar a próxima abertura de agendamento”, esclareceu a coordenadora.

O agendamento é feito pelo site http://vacinaja.fms.pmt.pi.gov.br/. Emanuelle Dias informa que no momento da vacinação de segunda dose, independente do grupo, devem ser apresentados apenas os seguintes documentos: CPF ou cartão do SUS, documento de identificação com foto e o cartão de vacina com o registro da primeira dose administrada em Teresina.

Já o agendamento para vacinação de primeira dose, também por meio do site Vacina Já, será destinado aos seguintes públicos:

- Trabalhadores da Saúde

- Acadêmicos da Saúde em Estágio

- Trabalhadores da Educação

- Estagiários da Educação

- Trabalhadores da Indústria

- Trabalhadores da construção Civil

No momento da imunização, é preciso apresentar os seguintes documentos: cartão de vacinação (se tiver), documento de identificação com foto e data de nascimento; CPF ou cartão nacional do SUS e um comprovante de endereço que comprove que a pessoa reside em Teresina, além de documentos específicos para cada grupo como:

-Para trabalhadores da saúde: Documento expedido pelo respectivo Conselho de Classe ou comprovante da profissão (certificado ou diploma); Contracheque atual ou Contrato de prestação de serviço ou documento que comprove a atividade laboral (últimos 3 meses), expedido pelo estabelecimento de saúde onde o trabalhador atua, no município de Teresina;

-Para estagiários da saúde: Declaração do serviço de saúde onde o estudante está estagiando no município de Teresina, termo de estágio;

-Para trabalhadores da educação: Contracheque atual ou Contrato de prestação de serviço ou documento que comprove a atividade laboral, expedido pelo estabelecimento de ensino onde o trabalhador atua, no município de Teresina;

-Para estagiários da educação: Declaração da instituição de ensino de Teresina onde atua.

-Para indústria e construção civil (Profissionais que atuam dentro das obras, como: Engenheiro, Arquiteto, Mestre de Obra, Pedreiro, Ajudante de obra, Armador, Pintor, Gesseiro, bombeiro hidráulico, Eletricista, Encanador, Carpinteiro): Documento que comprove a situação de trabalhador empregado de empresas industriais e de construção civil, como: Contracheque ou Contrato de prestação de serviço ou documento que comprove a atividade laboral (últimos 3 meses), do exercício efetivo da função, expedido pelo estabelecimento onde o trabalhador atua, no município de Teresina.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.