GP1

Eleições 2022

Diretório do PSDB do Piauí deve apoiar Eduardo Leite em 2022

O governador de São Paulo, João Doria, também está tentando se viabilizar dentro do partido.

O presidente municipal do PSDB, vereador Edson Melo, afirmou nessa sexta-feira (3) que existe a forte tendência do Diretório Estadual da sigla apoiar o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, para a Presidência da República nas eleições de 2022. A decisão, de acordo com Melo, será do ex-deputado estadual Luciano Nunes.

“Essa decisão do diretório estadual do Piauí é o presidente, ex-deputado Luciano Nunes junto com o deputado Marden. Eu não estou muito apar, mas observo que existe uma tendência forte em apoio ao governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite”, afirmou Edson Melo.

Foto: Lucas Dias/GP1Vereador Edson Melo
Vereador Edson Melo

A sigla ainda não definiu quem será o candidato a presidente. O governador de São Paulo, João Doria, também está tentando se viabilizar dentro do partido, mas conforme Edson Melo, o presidente do PSDB no Piauí, ex-deputado Luciano Nunes, tem mais entrosamento com Leite.

“Acho que o governador de São Paulo nesse período não manteve um bom relacionamento e uma afinidade com o PSDB do Piauí. E o governador Eduardo Leite já tem um perfil diferenciado, que inclusive no seu discurso, sua mensagem, empolga mais os membros do PSDB do Piauí. Como eu disse, a palavra final é do presidente Luciano Nunes”, continuou o vereador.

O ex-prefeito Sílvio Mendes (PSDB), que é um dos nomes cotados para representar a oposição ao Governo do Estado, já afirmou que não apoia João Doria em 2022. Edson Melo pontuou que essa deverá ser também tenência do partido e destacou que Sílvio nunca teve ligação com o governador paulista.

“A ligação dele iniciou com o senador José Serra e com o Alckmin. Ele tinha uma sintonia muito boa, mas nunca teve uma ligação com o atual governador João Doria”, finalizou Edson Melo.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.