GP1

Eleições 2022

Prefeito Dr. Pessoa diz que não tem pressa para deixar o MDB

“Eu não estou apressado para deixar o partido, inclusive não discuti isso com ninguém", disse Dr. Pessoa.

O prefeito de Teresina Dr. Pessoa (MDB) conversou com o GP1, nesta sexta-feira (21), sobre sua permanência no MDB. O gestor afirmou que não tem pressa para deixar o partido, mas observou que se estiver incomodando, os mandatários da sigla têm toda liberdade para dar a ele “um cartão vermelho”, caso o queiram fora da legenda.

O destino partidário do chefe do Palácio da Cidade voltou ao centro das discussões políticas, depois do acerto para que o PL fique sob seu comando, embora, ele tenha esclarecido que a princípio, o Partido Liberal vai ser presidido pelo diretor-presidente da Eturb, João Duarte, o Pessoinha.

Foto: Lucas Dias/GP1Dr. Pessoa
Dr. Pessoa

“Eu não estou apressado para deixar o partido, inclusive não discuti isso com ninguém. Agora se estiverem incomodados comigo, podem me dar cartão vermelho”, avisou o prefeito da Capital.

Conversa

O prefeito disse ainda que não foi procurado pela cúpula do MDB para dialogar, como havia sido informado no início de janeiro pelo secretário de Planejamento de Teresina, o ex-ministro João Henrique Sousa.

“Ninguém me procurou para nada. Teve essa conversa, mas é cono eu venho dizendo, desde o início tenho sido excluído dos entendimentos do partido. Nada mudou”, finalizou Pessoa.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.