GP1

Eleições 2022

"Lula é a única via da esperança para o Brasil”, diz Rafael Fonteles

Segundo Fonteles, durante o Governo de Lula o país esteve fora do mapa da fome, tendo retornado agora.

O pré-candidato a governador, Rafael Fonteles (PT), falou nessa quinta-feira (12) durante evento de filiação sobre a visita do presidenciável Lula (PT) ao Piauí no mês de junho. Ainda sem data definida, o ex-presidente virá para um encontro que terá como tema a segurança alimentar. De acordo com Fonteles, "Lula é a única via da esperança para o Brasil”.

Segundo Fonteles, durante o Governo de Lula o país esteve fora do mapa da fome, tendo retornado agora. “O Brasil tinha saído do mapa da fome com o presidente Lula e com o atual desastre que está na presidência da República voltou a estar no mapa da fome, aumentou a miséria, o desemprego e o subemprego e as pessoas perderam o poder aquisitivo”, afirmou.

Foto: Lucas Dias/GP1Rafael Fonteles
Rafael Fonteles

“Só o Brasil e a Turquia conseguiram o feito de ter a inflação, os juros e o desemprego acima de 10%. Então, é uma tragédia econômica, mas o Brasil está cheio de esperança com o retorno do presidente Lula a partir do próximo ano”, completou Rafael Fonteles.

Para o pré-candidato Rafael Fonteles, Lula já mostrou que é possível melhorar a vida dos brasileiros. “Ele já provou como é que se gera emprego e renda sem gerar inflação, ou seja, as pessoas aumentam os seus rendimentos, seus salários, seu emprego e conseguem comprar mais e consumir melhor e ter uma vida mais digna com alimentação, podendo ter sua moto, seu carro, abastecer sua moto, o seu carro, portanto uma vida de maior qualidade e com dignidade”, ressaltou.

“É por isso que nós estamos esperançosos. Como disse Geraldo Alckmin no último sábado, o Lula não é a primeira via, nem a segunda via, nem a terceira via, é a única via da esperança para o Brasil”, concluiu.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.