Teresina - PI

Acusados de matar homem em residência vão a Júri Popular em Teresina

Na decisão, foi determinada ainda a revogação da prisão de um dos suspeitos. A vítima foi assassinada a tiros após correr para sua casa.

Davi Fernandes
Teresina
- atualizado

A 1ª Vara do Tribunal Popular do Júri de Teresina, do Tribunal de Justiça do Piauí determinou que Kalisson Alex Mendes de Sousa e Antônio Ismael sejam submetidos a Júri Popular pelo assassinato de um homem identificado como Pedro Paulo Soares Dias, que foi morto com vários disparos de arma de fogo no bairro Mafrense, na zona norte de Teresina em janeiro de 2018.

A decisão é da última terça-feira (14). Na decisão, foi determinada ainda a revogação da prisão de alisson Alex Mendes de Sousa. A vítima foi baleada em sua própria residência, mas só morreu após ser levado para o hospital.

  • Foto: Divulgação/PCEnvolvidos na morte de Paulo Envolvidos na morte de Paulo

De acordo com o delegado Genival Vilela, Kalisson, que já havia sido preso em razão do crime, no ano passado, acabou sendo posto em liberdade, no entanto, descumpriu medida cautelar o que ensejou novamente na expedição de mandado de prisão preventiva em seu desfavor. Com a nova decisão, o suspeito foi posto em liberdade novamente.

Entenda o caso

Pedro Paulo Soares Dias foi executado com vários disparos de arma de fogo dentro de sua própria residência no bairro Mafrense. Na época do crime, o delegado Marcelo Leal, contou que dois indivíduos chegaram em uma motocicleta, pararam em frente à residência da vítima e a chamou.

Quando Pedro Paulo foi atender, os indivíduos começaram a atirar contra ele. Na tentativa de escapar, Pedro correu para dentro de casa e foi alvejado com vários disparos de arma de fogo.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Acusado de homicídio é preso no bairro Mafrense em Teresina

Dupla envolvida em homicídio é presa no Poti Velho em Teresina

Homem é executado com vários tiros dentro de casa no Mafrense

Mais conteúdo sobre: