Cristino Castro - PI

Candidatos suspendem campanha após infecção por covid-19 em Cristino Castro

O decreto tem como objetivo paralisar as atividades eleitorais no município depois que o próprio prefeito, Manoel Júnior e a candidata da oposição, professora Joquebede (PTB) foram infectados.

Andressa Martins
Teresina
- atualizado

O prefeito Manoel Pereira de Sousa Júnior (PSB), do município de Cristino Castro, distante 568 quilômetros da capital Teresina, assinou um decreto proibindo eventos políticos como carreatas, passeatas e comícios até o dia 29 de outubro por conta da covid-19.

Conforme o decreto, estão proibidos todos os eventos que possam causar aglomeração, estando permitidas apenas visitas na casa dos eleitores, bem como funcionamento de comitês eleitorais. No decreto o prefeito pede que sejam observadas as normas de segurança como distanciamento social, uso de máscaras e álcool em gel.

  • Foto: DivulgaçãoDecreto assinado pelo prefeito Manoel JúniorDecreto assinado pelo prefeito Manoel Júnior

O decreto tem como objetivo paralisar as atividades eleitorais no município depois que o próprio prefeito, Manoel Júnior e a candidata da oposição, professora Joquebede (PTB) foram infectados com a covid-19.

Segundo o documento, o acordo foi firmado entre os dois candidatos após uma reunião convocada pelo secretário de Saúde, Daniel Vaz e a procuradora-geral do município, Andreia Cavalcante com a presença de representantes das coligações PTB/MDB e PT e PSB. O candidato do PT, Felipe Dias, não participou do acordo.

Mais conteúdo sobre: