Mundo

Conselho da ONU rejeita pedido russo de condenação a ataques na Síria

O pedido foi feito pois a Rússia considera que o ataque dos EUA e de aliados representa uma violação do direito internacional e da Carta das Nações Unidas.

THAIS SOUZA
DE TERESINA
- atualizado

Nesse sábado (14) o Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas rejeitou resolução russa que solicitava a proibição dos ataques à Síria. O pedido foi feito pois a Rússia considera que o ataque dos EUA e de aliados representa uma violação do direito internacional e da Carta das Nações Unidas.

  • Foto: Eduardo Munoz/ReutersMembros do Conselho de Segurança da ONUMembros do Conselho de Segurança da ONU

De acordo com o G1, a Rússia pleiteava à França, Reino Unido e Estados Unidos que evitassem o uso da força contra o regime de Bashar al-Assad. Porém, o pedido russo não foi aprovado no Conselho de Segurança, porque apenas a Rússia, a China e a Bolívia votaram a favor. Oito países votaram contra a proposta, enquanto quatro se abstiveram.

Para ser aprovada uma resolução do Conselho de Segurança da ONU seria necessário nove votos a favor e nenhum veto pela Rússia, China, França, Reino Unido ou Estados Unidos para ser aprovada.

Mais conteúdo sobre: