São Raimundo Nonato - PI

Dentista é investigada após comentário racista contra bebê no Piauí

A mãe da bebê registrou o boletim de ocorrência na manhã desta segunda-feira (09), na Delegacia de Polícia Civil de São Raimundo Nonato.

LAURA MOURA
DÉBORA DAYLLIN
DE TERESINA
- atualizado

A dentista identificada como Delzuíte Ribeiro de Macêdo está sendo investigada pela Polícia Civil acusada de fazer comentários racistas há cerca de um mês, em sua rede social contra um bebê em São Raimundo Nonato, município que fica a 536 km de Teresina.

A bebê, que na época possuía apenas um mês de idade, é filha de uma ex-amiga de Delzuíte. “O suposto crime foi praticado por uma dentista em face de outra dentista, em que ambas eram amigas. Elas chegaram a dividir uma mesma casa, porém, devido a problemas pessoais, elas se desentenderam e, hoje em dia, elas não são amigas. Então, a suspeita fez uma publicação em relação a filha da outra dentista, que tinha apenas um mês de idade”, relatou o delegado Emir Maia, gerente de policiamento do interior.

  • Foto: Facebook/Delzuite MacedoDelzuite Macedo Delzuite Macedo

Na publicação, a suspeita fala do filho: “O Gui é lindo e branco! Uma coisa eu caprichei nessa vida: eu não misturo o meu sangue com merda! Sou neta do Sr. João Apolônio. Já dizia o meu avô: 'quando não caga na entrada, caga na saída'. Aí minhas amigas só me chegam com *...* mulher como a filha de fulana é feia você já viu? kkk e eu só respondo: Não amiga! Não me interesso por gente que nunca chegará ao meu tom de pele. Não adianta pintar o cabelo de vela, se os cromossomos condenam! [...] 'Preconceito' sim, eu sou 'preconceituosa', mas abraço e beijo meus amigos de outras cores e coloridos. Mas escolhi a dedo com quem me misturar os A+ e O+”, disse a dentista na publicação.

A mãe da bebê registrou o boletim de ocorrência na manhã desta segunda-feira (09), na Delegacia de Polícia Civil de São Raimundo Nonato. O caso ainda está sob investigação.

  • Foto: Reprodução/FacebookPostagem feita pela dentistaPostagem feita pela dentista

OUTRO LADO

Procurada pelo GP1, na tarde desta terça-feira (10), a dentista Deulzuite Macêdo não foi localizada para comentar o caso. O espaço está aberto a esclarecimentos.

MAIS NA WEB