Saúde

EUA superam China em número oficial de mortos por coronavírus

Segundo contagem da Universidade Johns Hopkins, os EUA já somam 3.415 mortes.

Por  Estadão Conteúdo

O número de pessoas mortas nos Estados Unidos com coronavírus excedeu nesta terça-feira, 31, o registrado oficialmente pela China, a origem da epidemia em dezembro, segundo a última contagem da Universidade Johns Hopkins.

Até o momento, 3.415 mortes de pacientes com a Covid-19 foram registradas nos Estados Unidos, enquanto a China contabilizou 3.309. A universidade também informou que existem 175.067 casos confirmados de coronavírus entre os americanos.

O Estado de Nova York é o epicentro da epidemia no país, com cerca de 76 mil casos e 1.550 mortes.

Mais de três quartos dos 330 milhões de habitantes dos Estados Unidos foram convocados ao confinamento para impedir a propagação do vírus.

Na segunda-feira, um navio-hospital de quase mil leitos chegou a Nova York para dar um alívio aos congestionados centros médicos da cidade, ao mesmo tempo que o governo instala unidades provisórias de atendimento em um centro de convenções e no Central Park.

Em todo o mundo, a pandemia do novo coronavírus superou nesta terça-feira 40 mil mortos e 800 mil infectados, em uma escalada que deixou quase metade da humanidade confinada, em meio ao risco de uma recessão sem precedentes.

Três quartos das mortes prococadas pela covid-19 ocorreram na Europa, uma estatística sombria, liderada pela Itália, com 11 mil mortos; Espanha, com 8,2 mil; e França, com mais de 3 mil, cifra semelhante a dos Estados Unidos e da qual o Irã se aproxima.

O número de mortos voltou a crescer na Espanha hoje, com 849, apesar de o país ter aplicado um dos confinamentos mais rígidos da Europa, paralisando todas as atividades econômicas não essenciais e proibindo até funerais, como a Itália já havia determinado.

Em termos porcentuais, o crescimento da mortalidade mantém a paulatina desaceleração, passando de +12,4 a +11,6% diário, mas o volume de contágios registrou alta pela primeira vez em seis dias, de +8,1 a +10,8%.

"A tendência geral permanece", disse a médica María José Sierra, do Centro de Emergências Sanitárias. Os pacientes recuperados também registraram aumento, de 16.780 a 19.259.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

EUA têm recorde de 345 mortes e superam os 100 mil casos oficiais

Covid-19: EUA passam China e se tornam país com maior número de infectados