Polícia

Greco deflagra Operação Remanescentes e cumpre mandados em Teresina

Ao todo 15 ordens judiciais estão sendo cumpridas com a participação da Delegacia de Polícia Interestadual do Piauí (Polinter), do Batalhão de Operações Especiais (BOPE) e da Polícia Federal.

Raisa Brito
Teresina
Nayrana Meireles
Teresina
Brunno Suênio
Teresina
- atualizado

A Secretaria de Estado da Segurança Pública, por meio do Grupo de Repreensão ao Crime Organizado (GRECO), deflagrou no início da manhã desta terça-feira (20), a "Operação Remanescentes”, que visa à repressão dos crimes contra instituições bancárias no estado do Piauí, mas especificamente na cidade de Teresina, com o foco em roubos, armas e drogas.

Ao todo 15 ordens judiciais estão sendo cumpridas com a participação de policiais da Delegacia de Polícia Interestadual do Piauí (Polinter), do Batalhão de Operações Especiais (BOPE) e da Polícia Federal. Pelo menos três pessoas foram presas no bairro Renascença, na zona sudeste de Teresina.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Fábio Abreu Fábio Abreu

De acordo com o secretário de Segurança Fábio Abreu, os presos planejavam ações criminosas nas cidades de José de Freitas, União e Teresina. "Acreditamos que eles tenham ligação com aquela quadrilha que explodiu um banco em Campo Maior. Eles planejavam roubar bancos de José de Freitas, União e Teresina", explicou.

Mais informações serão repassadas para imprensa pelo secretário de Segurança Fábio Abreu, com as presenças do delegado geral Luccy Keiko, coordenador do Greco delegado Tales Gomes e demais autoridades policiais através de coletiva, às 11h45, na sede do GRECO.