Teresina - PI

Hugo Napoleão lança livro ‘Eu fui advogado de JK’ na Alepi

O livro conta histórias vividas por Hugo com o ex-presidente Juscelino Kubitschek e fatos jurídicos que marcaram o país. Com apenas 27 anos Hugo Napoleão integrou a equipe jurídica do presidente.

Jonas Carvalho
Teresina
Andressa Martins
Teresina
Germana Chaves
Teresina
Willyam Ricardo
Teresina
- atualizado

Lançamento do Livro de Hugo Napoleão em Teresina

O ex-governador Hugo Napoleão lançou nesta quarta-feira (04) o livro “Eu fui advogado de JK” durante evento no Salão Nobre Francisca Trindade, na Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi). O livro, primeiramente lançado no Piauí, conta histórias vividas por Hugo junto ao ex-presidente Juscelino Kubitschek e fatos jurídicos que marcaram o país.

De acordo com o ex-governador, JK deixou marcado na história do país um legada de infraestrutura, democracia e fomento da indústria automobilística nacional. Para Hugo Napoleão, Juscelino Kubitschek foi o maior presidente do Brasil ao lado do também ex-presidente Getúlio Vargas.

“O livro em si representa a minha vida porque são os passos que eu dei, não apenas conhecendo na minha juventude aos 12 anos de idade o presidente JK, que vi por exemplo inaugurar aqui a ponte Juscelino Kubitschek. A minha vida está aí dentro e eu fico muito orgulhoso de estar aqui na Assembleia com a minha esposa Leda Napoleão para assistir e presenciar esse evento”, disse o ex-governador.

Hugo Napoleão ainda falou sobre o lado pessoal de Juscelino. “Exímio, humano. Eu nunca o vi com a menor sombra de ódio, rancor, de intolerância. Ele era um democrata vivo, um homem bom, cristão, homem de fé, praticante católico apostólico romano. E assim, é verdade que Juscelino foi um grande homem em todos os sentidos”, disse.

De acordo com o ex-deputado estadual, Robert Rios, a publicação da obra representa o testemunho de convivência entre Hugo Napoleão e Juscelino Kubitschek. De acordo com o ex-parlamentar, os ideais políticos de JK servem como espelho para as gerações vindouras.

“Juscelino Kubitschek não era o homem do passado, como se pode ver na história, ele é o homem do futuro. Tudo que Juscelino fez, tudo que ele disse ainda vale para o futuro. E o senador Hugo Napoleão, que conviveu com ele, que viveu um período com ele, resgata na memória tudo isso em um livro. Isso é importante para a cultura, não do Piauí, mas para a cultura brasileira”, pontou Robert Rios.

Também marcaram presença no evento os deputados estaduais Wilson Brandão (Progressistas), Themístocles Filho (MDB); o ex-governador Wilson Martins (PSB); o secretário de Governo, Osmar Júnior (PCdoB); o vereador Dudu Borges (PT) e o ex-vereador Renato Berger (PSD). Na ocasião, Hugo Napoleão autografou a obra publicada e tirou fotos com admirados de sua vida política.

Perfil

Hugo Napoleão do Rego Neto é advogado formado na Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro e comandou o Governo do Piauí duas vezes, além de três mandatos como deputado federal e duas vezes senador da República. Hugo Napoleão também Ministro da Educação, das Comunicações e da Cultura, no Governo José Sarney (MDB).

Atualmente, o ex-governador do Piauí é um dos imortais da Academia Piauiense de Letras (APL) e trabalha como advogado em Brasília.

Mais conteúdo sobre: