Barro Duro - PI

Idoso de 66 anos procura filhos deixados em Barro Duro há 29 anos

O idoso que é natural de Barro Duro segue na esperança de reencontrar os filhos que ele deixou na referida cidade, junto com a sua mãe Sebastiana, na década de 1990.

Jonas Carvalho
Teresina
Davi Fernandes
Teresina
- atualizado

Longe do Piauí há quase 30 anos, o aposentado Antônio Pereira dos Santos, de 66 anos, convive com a saudade de seus cinco filhos, que ele viu pela última vez quando eram crianças. O idoso que é natural de Barro Duro segue na esperança de reencontrar os filhos que ele deixou na referida cidade, junto com sua com a sua mãe Sebastiana Campelo dos Santos, no ano de 1990.

O idoso conversou com a reportagem do GP1, nesta terça-feira (30), e contou que enquanto morava no Piauí foi casado com Maria de Jesus Pereira da Silva. Os dois viviam bem e dessa união, o resultado foi uma família grande com cinco filhos: Francisca Pereira, Francisco de Assis, Francisca Sandra, Francisco das Chagas, e Francisca Heleninha Pereira da Silva.

  • Foto: Arquivo pessoalPiauiense Antônio PereiraPiauiense Antônio Pereira

Segundo o relato de Antônio Pereira, com o passar do tempo, o casal se separou devido a uma série de problemas internos na família e no relacionamento, o que fez com que o idoso saísse da residência onde vivia com sua a ex-esposa e seus cinco filhos.

“O problema da separação foi por conta de briga de família mesmo porque a minha mulher nunca quis me considerar do jeito que era para ser. Então, para não prejudicar a nossa vida, eu me separei. Ela não queria me respeitar e eu fui obrigado a sair [de casa] e deixar os meus filhos com a minha mãe”, desabafou.

Atualmente o idoso de 66 anos reside no município de Açailândia, no Maranhão e viveu muitos anos sem acompanhar o desenvolvimento de seus filhos. Seu maior desejo é reencontrar os filhos e poder estabelecer uma relação de amor com eles.

“Eu fiquei sabendo que há algum tempo a minha mãe morreu e me mandaram um telegrama para que eu fosse para Barro Duro. Eu fui atrás de um lugar para eu buscar os meus filhos, mas a mãe deles foi até a casa da minha mãe e pegou os meninos. Então, eu não sei se ela deu ou está criando, eu sei que a mais velha mora em Barro Duro”, concluiu.

Quem tiver alguma informação pode entrar em contato com ele por meio do número: (99) 9 9174-4084.