Teresina - PI

Kleber diz que Dr. Pessoa é “teleguiado" pelo Palácio de Karnak

Após o governador Wellington Dias (PT) declarar apoio ao candidato do MDB, Montezuma não poupou críticas à aliança.

Thais Guimarães
Teresina
Germana Chaves
Teresina
Fábio Wellington
Teresina

A campanha de segundo turno em Teresina, protagonizada por Dr. Pessoa (MDB) e Kleber Montezuma (PSDB), não é nada amistosa. Nesta terça-feira (17), após o governador Wellington Dias (PT) declarar apoio ao candidato do MDB, Montezuma não poupou críticas à aliança e disse que Pessoa é “teleguiado pelo Palácio de Karnak”.

Na opinião de Kleber, o apoio do governador já era previsível, pois, segundo ele, Dr. Pessoa já vinha mantendo diálogo com Wellington Dias. “Esse apoio está apenas sendo oficializado, porque desde um bom tempo o meu oponente já era teleguiado pelo Palácio de Karnak, em conjunto com o presidente da Assembleia Legislativa”, colocou.

  • Foto: Helio Alef/ GP1Kleber MontezumaKleber Montezuma

O candidato disse ainda que, ao apoiar Dr. Pessoa o governador quer transformar a Prefeitura de Teresina em um “puxadinho” do Palácio de Karnak. “Ele quer transformar a Prefeitura de Teresina em um puxadinho do Palácio de Karnak e um puxadinho da Assembleia Legislativa, a população de Teresina não vai aceitar isso”, disparou.

Por fim, o tucano voltou a chamar Dr. Pessoa para os debates. “Nós queremos debater as ideias, fazer um confronto de ideias, para estarmos diante um do outro dizendo o que vamos fazer pela cidade. Eu espero que agora ele tenha autonomia, já que ele quer ser prefeito da cidade, porque até o momento ele se mostrou ser governado por terceiros e quem é governado por terceiros não tem condições de governar a cidade”, concluiu.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Wellington declara apoio e diz que Dr. Pessoa é vítima de preconceito

Firmino diz que Wellington Dias vai prejudicar candidatura do Dr. Pessoa