Teresina - PI

Lucy Silveira foi nomeada pelo sobrinho para cargo na Alepi

Funcionário do gabinete do deputado Firmino Paulo, que pediu reserva ao seu nome em provável noticiário,  afirmou que “nunca viu a primeira-dama dando um dia de serviço”.

Gil Sobreira
Teresina
- atualizado

Lucy Silveira foi nomeada para cargo comissionado na Alepi

Pré-candidata a deputada estadual, a esposa do prefeito Firmino Filho (PSDB), Lucy de Farias Carvalho Soares, mais conhecida como "Lucy Silveira", foi servidora comissionada no gabinete do sobrinho, deputado estadual Firmino Paulo (PP) por mais de 3 anos.

Lucy foi nomeada em 27 de fevereiro de 2015 e exonerada em 28 de março de 2018.

A nomeação violou o artigo 37 da Constituição Federal que preceitua que as contratações para cargos públicos devem cumprir os princípios da legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência, em razão disso, o Supremo Tribunal Federal editou a Súmula n°13, que proíbe integrantes do Executivo, Legislativo e do Judiciário - no âmbito da União, Estados e municípios - de contratar parentes de autoridades e servidores públicos para cargos de chefia e assessoria.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Firmino Filho e sua esposa Lucy SilveiraFirmino Filho e sua esposa Lucy Silveira

Funcionário do gabinete do deputado Firmino Paulo, que pediu reserva ao seu nome em provável noticiário, afirmou que “nunca viu a primeira-dama dando um dia de serviço”.

Lucy e Firmino Paulo podem ser alvo de ação de improbidade administrativa, terem que ressarcir os danos causados ao erário devidamente corrigidos, proibidos de contratar com o Poder Público, perderem a função pública e os direitos políticos suspensos por até 8 anos.

Lucy recebia mensalmente o valor de R$ 3.800,00 (três mil e oitocentos reais).

MAIS NA WEB