Teresina - PI

Médicos suspendem atendimentos realizados pelo IPMT/PLANTE

A suspensão dos atendimentos foi tomada em Assembleia Extraordinária, realizada em 18 de julho de 2017 no auditório da sede do sindicato.

Bárbara Rodrigues
Teresina
- atualizado

O Sindicato dos Médicos do Estado do Piauí (SIMEPI) informou nesta sexta-feira (21), que não irá fazer consultas e procedimentos por meio dos planos de saúde do Instituto de Previdência do Município de Teresina, o IPMT/PLANTE, apenas se for em caso de urgência e emergência.

A assessoria de imprensa do Simepi afirmou ao GP1 que a decisão foi tomada porque esses planos de saúde não estão atendendo as reivindicações da categoria e que o sindicato desde o início deste ano tenta dialogar sobre o assunto, mas não foi atendido pelos representantes dos planos IPMT/PLANTE.

A categoria afirma que apenas foi feito um reajuste nas consultas, enquanto os valores repassados aos médicos em relação aos custos dos procedimentos continuaram defasados. Além disso, a relação teria piorado porque os planos querem repassar para os médicos os custos para a implantação de um software de informatização, o que não é aceito pela categoria.

A suspensão dos atendimentos foi tomada em Assembleia Extraordinária, realizada em 18 de julho de 2017 no auditório da sede do sindicato e já tem sido dado início pela categoria.

Mais conteúdo sobre: