Piauí

MP deflagra operação contra fraude em secretarias estaduais do Piauí

A operação tem a participação do Tribunal de Contas do Estado (TCE), com o apoio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado no Piauí (Gaeco) e da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Bárbara Rodrigues
Teresina
- atualizado

Operação Itaorna deflagrada em secretarias estaduais

O Ministério Público do Estado do Piauí, por meio da 44ª Promotoria de Justiça de Teresina, deflagrou na manhã desta quarta-feira (12) a “Operação Itaorna” que tem como o objetivo dar cumprimento a mandados de busca e apreensão para coibir a prática de fraudes em licitações em secretarias e coordenadorias estaduais. As apreensões estão sendo realizadas pela Polícia Rodoviária Federal.

Foram expedidos 8 mandados de busca e apreensão nas sedes das secretarias estaduais de Turismo e de Desenvolvimento Rural, do Instituto de Desenvolvimento do Piauí (Idepi), das Coordenadorias de Desenvolvimento Social e Lazer e de Combate à Pobreza Rural, além da Construtora Crescer e na residência dos sócios Antonio Aragão Neto e Rafael Aragão Matos.

Foram apreendidos computadores, notebooks, pen drives, HDs externos, celulares e documentos relacionados a procedimentos licitatórios. A operação tem a participação do Tribunal de Contas do Estado (TCE), com o apoio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado no Piauí (Gaeco) e da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Uma coletiva de imprensa será realizada às 10h na sede do Gaeco para das mais informações sobre a operação.

Veja nota do Ministério Público na íntegra:

MPE: Realiza Operação Itaorna para dar cumprimento a mandados de busca e apreensão

O Ministério Público do Estado do Piauí – MPE-PI, por meio da 44ª Promotoria de Justiça de Teresina, do Tribunal de Contas do Estado - TCE, com o apoio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado no Piauí - GAECO e da Polícia Rodoviária Federal - PRF, realizaram, na manhã desta quarta (12/9), Operação Itaorna, visando dar cumprimento a mandados de busca e apreensão para coibir a prática de fraudes em licitações.

Foram cumpridos, 8 Mandados de Busca e Apreensão expedidos pelo Juiz da 2ª Vara da Fazenda Pública de Teresina, nas Sedes da Secretaria de Turismo, Secretaria de Desenvolvimento Rural, Instituto de Desenvolvimento do Piauí - IDEPI, Coordenadorias de Desenvolvimento Social e Lazer, Coordenadoria de Combate à Pobreza Rural, na Construtora Crescer e na residência dos sócios.

O MPE/PI visa com a execução dos mandados a apreensão de computadores, notebooks, pen drives, HDs externos, celulares e documentos relacionados a procedimentos licitatórios.

MPE
NUCOM/PRF