Polícia

Polícia deflagra Operação Gênesis e cumpre 36 mandados no Piauí

Um dos alvos é acusado de planejar a morte de um policial civil, que iniciou investigações com o objetivo de desarticular um esquema de tráfico de entorpecentes na cidade de Altos.

Brunno Suênio
Teresina
- atualizado

Polícia Civil deflagra Operação Gênesis no Piauí

A Polícia Civil do Piauí deflagrou nas primeiras horas da manhã desta quinta-feira (17) nas cidades de Altos, Campo Maior e Teresina a Operação Gênesis, com o objetivo de cumprir 15 mandados de prisão e 21 mandados de busca e apreensão. Um dos alvos é Francisco Torres Delmiro Neto, vulgo "Terceiro", acusado de planejar a morte de um policial civil, que iniciou investigações com o objetivo de desarticular um esquema de tráfico de entorpecentes na cidade de Altos.

Nove mandados de prisão foram cumpridos em Altos, 05 em Campo Maior e 01 em Teresina. Participam da operação mais de 100 policiais das delegacias de Altos, Campo Maior, além da Gerência de Policia Metropolitana (GPM), Gerência de Polícia Especializada (GPE), Gerência de Polícia do Interior, Divisão de Operações Especiais (D.O.E), GRECO e DEPRE.

Segundo o delegado Tomaz de Aquino, o maior objetivo da operação é desarticular o tráfico de drogas na cidade de Altos e região. "Essa operação teve início há mais de um ano, em que no bojo da investigação descobrimos que um policial estava sendo ameaçado. Intensificamos a investigação, que resultou hoje no mandado de busca de 22 pessoas e em 15 mandados de prisão preventiva e prisão temporária. Com isso já apreendemos várias drogas, munições, celulares, tudo relacionado ao tráfico de drogas. Todos os alvos dos mandados de prisão foram presos e oito flagrantes foram realizados. Foram encontradas drogas, munições e muito dinheiro" ressaltou.

As investigações apontam que o policial civil recebeu uma oferta em dinheiro de um advogado para cessar as investigações, a pedido de um traficante, depois que vários integrantes do grupo criminoso acabaram presos.

O policial recusou a proposta, procurou o Ministério Público e assim teve início uma investigação mais detalhada que revelou, através de escutas telefônicas, o plano para executar o policial civil, a fim de se encerrar as ações da polícia no combate ao grupo criminoso.

Todos os presos estão sendo encaminhados para a delegacia de Altos e, em seguida, serão conduzidos para Teresina, onde haverá uma entrevista coletiva na Delegacia Geral da Polícia Civil do Piauí.

Mais conteúdo sobre: