Floresta do Piauí - PI

Prefeito Barroso Neto é acusado de causar confusão com policiais

A confusão aconteceu durante as comemorações do aniversário do município de Floresta do Piauí, na sexta-feira (15).

Nayrana Meireles
Teresina
- atualizado

O prefeito de Santa Cruz do Piauí, Barroso Neto e o vice-prefeito Francisco Geneval Gonçalves, são acusados de causeram um tumulto no início da manhã de sexta-feira (15), durante as comemorações do aniversário da cidade de Floresta do Piauí, no sul do estado.

  • Foto: Marcelo Cardoso/GP1Prefeito de Santa Cruz do Piauí, Barroso NetoPrefeito de Santa Cruz do Piauí, Barroso Neto

De acordo com informações do sargento Gilvan, da Polícia Militar do município, a confusão aconteceu por volta das 5h30 da manhã. “Os dois [prefeito e vice-prefeito], que estavam com mais algumas pessoas, queriam utilizar um paredão de som, que é proibido na cidade. Eles estavam aparentemente sob efeito de álcool e chegaram a acirrar os ânimos e discutir com os policiais, mas nós conseguimos intervir e evitar que eles ligassem o som”, afirmou.

Ainda segundo o sargento, o prefeito e vice-prefeito não chegaram a ser detidos, pois houve apenas uma advertência verbal. “Como eles atenderam a nossa advertência e não ligaram o som, nós não fizemos a condução. Mas é lamentável que uma pessoa pública tenha essa atitude, é a pior que se possa imaginar”, completou.

Outro lado

Procurado, na tarde deste sábado (16), o prefeito Barroso Neto negou que ele e o vice-prefeito tenham discutido com policiais. "O paredão de som não era meu, era do Chagas Rocha, promotor de eventos da cidade de Campinas, me envolveram nisso, mas não fui eu. Eu estava na mesma turma, em torno de 30 pessoas, o vice-prefeito também, após fim de festa, e presenciei o acontecido, mas na hora desse problema eu fui embora para minha cidade Santa Cruz do Piauí", afirmou.

O prefeito disse ainda que acredita que isso tem a ver com a política: "Percebo que isso é um jogo político dos meus adversários me envolvendo nessa confusão. Estou tranquilo", garantiu.