Política

Projeto de Ciro Nogueira proíbe venda veículos a gasolina em 2030

Com a aprovação, a partir do dia 1º de janeiro de 2030, será proibida a vendida de veículos movidos a gasolina e diesel serão proibidos no Brasil.

Davi Fernandes
Teresina
- atualizado

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), do Senado Federal aprovou o projeto de lei do senador Ciro Nogueira, presidente nacional do Progressistas, que proíbe a venda de veículos movidos a combustíveis daqui a 10 anos.

O projeto de lei foi aprovado na quarta-feira (12) e a partir do dia 1º de janeiro de 2030, será proibida a venda de veículos movidos a gasolina e diesel serão proibidos no Brasil.

  • Foto: Alef Leão/GP1Ciro NogueiraCiro Nogueira

Após ser aprovado, o PLS 304/2017, vai seguir para votação na Comissão de Meio Ambiente (CMA) e determina que até 2040 seja proibida a circulação de qualquer automóvel de tração automotora por motor a combustão. São abertas algumas exceções à regra como automóveis de coleção, veículos oficiais e diplomáticos ou carros de visitantes estrangeiros poderão continuar circulando no país, ainda que usem combustíveis fósseis.

Segundo o senador Ciro Nogueira, outros países estão tomando decisões semelhantes. O Reino Unido e a França querem proibir a venda de veículos movidos a combustíveis fósseis a partir de 2040, a Índia, a partir de 2030, e a Noruega, já em 2025.

Ainda conforme o parlamentar, esse tipo de veículo é responsável por 1/6 das emissões de dióxido de carbono na atmosfera, gás proveniente da queima de combustíveis fósseis e importante agente causador do efeito estufa, que leva ao aquecimento global.

Mais conteúdo sobre: