Teresina - PI

Vídeo mostra suspeito de homicídio no Redonda deixando casa da vítima

Edilson dos Santos foi flagrado saindo da residência com uma televisão, logo após o crime.

Brunno Suênio
Teresina
- atualizado

O Departamento de Homicídio de Proteção à Pessoa – DHPP – divulgou o vídeo do suspeito de assassinar João Luís Moreira de Oliveira, deixando a casa da vítima logo depois do crime, registrado no último dia 16 de março deste ano. Na imagem, o acusado identificado como Edilson dos Santos, é flagrado saindo da residência com uma televisão logo o crime.

Segundo o delegado Jarbas Lima, Edilson agiu em conjunto com outras duas pessoas identificadas como Josilane Raquel da Silva e Reissan Gouveia da Silva, que também são vistas deixando o local.

“A vítima e mais três pessoas estavam bebendo na casa dela, e por lá ocorreu que essas três pessoas amarraram a vítima, a torturaram e acabaram desferindo um golpe de garrafa na cabeça dela, ocasionando o traumatismo craniano que a levou a óbito. Os suspeitos empreenderam em fuga e levaram vários objetos da vítima, como televisores e um celular, além de uma quantia em dinheiro. Inicialmente, foram apontadas quatro pessoas e identificamos três, sendo dois homens e uma mulher. Entre eles havia um casal. Já o terceiro conhecia a vítima, já possuía um relacionamento e promovia essas festas na casa da vítima com bastante bebida alcoólica”, informou o delegado.

  • Foto: DHPPNa sequência as fotos de Edilson, Josilane e ReissanNa sequência as fotos de Edilson, Josilane e Reissan

O delegado ressaltou que os três alvos já possuem mandados de prisão expedidos pela Justiça e que espera agora, com a divulgação das imagens dos acusados, poder encontrá-los. Para isso, o Departamento de Homicídio de Proteção à Pessoa disponibilizou os telefones 181 e (86) 3211-6682 para denúncias anônimas, que possam levar à localização e prisão dos envolvidos no homicídio.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

DHPP identifica três suspeitos de assassinar homem no Redonda

Homem é encontrado morto e com mãos amarradas no bairro Redonda

Mais conteúdo sobre: