GP1

Teresina - Piauí

Deputado estadual Zé Santana nega ida para o comando da Sasc

Por meio de ligação, o parlamentar afirmou que ainda não tem nada confirmado sobre o assunto.

Foi divulgado na última segunda-feira (20), na coluna do jornalista Feitosa Costa, que o deputado estadual Zé Santana (PMDB), iria assumir a Secretaria de Assistência Social e Cidadania (Sasc) nesta quarta-feira (22), atualmente comandada pelo também deputado estadual Henrique Rebêlo (PT).

Conforme a matéria intitulada “Zé Santana do PMDB assume Assistência Social na quarta-feira [22]”, a substituição dos deputados seria o primeiro acordo concretizado entre o governo Wellington Dias e dirigentes do PMDB, após vários meses de tratativas, e que inclusive todos os cargos de confiança ficariam à disposição do Partido do Movimento Democrático Brasileiro.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Zé SantanaZé Santana

Porém, em contato com o deputado Zé Santana, por meio de ligação, na tarde de hoje, ele negou essa informação e não quis dar maiores detalhes. “Não tem nada confirmado ainda não, estamos aguardando ainda os finalmentes das conversas”, afirmou.

Reivindicação

Na última quinta-feira (16), um grupo de petistas se deslocou até o Palácio de Karnak, sede oficial do Governo do Piauí, para protestar contra a saída de Henrique Rebêlo da Sasc, com a campanha “Fica, Henrique”. Uma outra campanha, do mesmo grupo ideológico, os participantes pediam a permanência de Francisco Costa, na Secretaria estadual de Saúde, atualmente comandada pelo PT, e que estava sendo cotada pelo PMDB, na reforma administrativa da base governista.

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.