GP1

Teresina - Piauí

Acidente deixa uma pessoa morta no balão do Mercado do Peixe de Teresina

De acordo com inspetor Marcos, da Polícia Rodoviária Federal, a PRF foi acionada por um popular por volta de 12h15, dando conta do acidente.

Um acidente envolvendo uma motocicleta e uma carreta deixou uma pessoa morta no balão do Mercado do Peixe, na BR 343, zona sudeste de Teresina. A vítima, identificada como Leandro Pereira Andrade, tinha 29 anos.

De acordo com inspetor Marcos, da Polícia Rodoviária Federal, os policiais foram acionados por um popular, por volta de 12h15, dando conta do acidente. Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi até o local, mas o motoqueiro não resistiu aos ferimentos e morreu.

  • Foto: Laura Moura/GP1Veículos envolvidos no acidenteVeículos envolvidos no acidente

Segundo um colega da vítima, horas antes do acidente, Leandro ajudou a carregar a carreta, que seguiria para a cidade de Imperatriz, no estado do Maranhão. O motorista relatou que não sabia o caminho para sair de Teresina e Leando resolveu orientá-lo até o Mercado do Peixe, de onde o motorista iria acessar a BR 343.

  • Foto: Laura Moura/GP1O acidente ocasionou um grande congestionamento no balãoO acidente ocasionou um grande congestionamento no balão

“Como a empresa é na Pedra Mole e o motorista não sabia exatamente onde era a saída de Teresina, então o Leandro veio até esse ponto aqui para indicar aonde era o caminho para o Maranhão”, disse Clebert, que trabalha na empresa Pacheco Logística.

  • Foto: Laura Moura/GP1PRF orientou motoristasPRF orientou motoristas

Por conta da colisão, o trânsito ficou bastante lento e os agentes da PRF organizaram o fluxo de veículos na região. A perícia criminal foi chamada e depois de quase duas horas ainda não havia chegado ao local. O condutor do caminhão se evadiu do local e ainda não foi localizado.

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.