GP1

Teresina - Piauí

Lavadores de carros protestam contra falta de energia em Teresina

A falta de energia ocorreu devido a um acidente de trânsito que houve no início da semana na avenida. Muitos lavadores de veículos estão há quase uma semana sem trabalhar por conta do problem

Marcelo Cardoso/GP1 1 / 10 A Strans esteve no local A Strans esteve no local
Marcelo Cardoso/GP1 2 / 10 Os agentes da Strans estiveram no local para organizar o tráfego de veículos Os agentes da Strans estiveram no local para organizar o tráfego de veículos
Marcelo Cardoso/GP1 3 / 10 Maria Ilda Costa Maria Ilda Costa
Marcelo Cardoso/GP1 4 / 10 O protesto ocorreu na manhã desta sexta-feira O protesto ocorreu na manhã desta sexta-feira
Marcelo Cardoso/GP1 5 / 10 Os protestantes queimaram pneus, pedaços de madeiras e palhas Os protestantes queimaram pneus, pedaços de madeiras e palhas
Marcelo Cardoso/GP1 6 / 10 Contador de energia elétrica dos postos de lavagens Contador de energia elétrica dos postos de lavagens
Marcelo Cardoso/GP1 7 / 10 A avenida foi interditada no sentido Norte/Sul A avenida foi interditada no sentido Norte/Sul
Marcelo Cardoso/GP1 8 / 10 Muitos lavadores estão sem trabalhar Muitos lavadores estão sem trabalhar
Marcelo Cardoso/GP1 9 / 10 A falta de energia ocorreu devido a um acidente de trânsito A falta de energia ocorreu devido a um acidente de trânsito
Marcelo Cardoso/GP1 10 / 10 Dedé Rodrigues Dedé Rodrigues

Lavadores de carros que trabalham ao longo da Avenida Maranhão estão realizando um protesto, na manhã desta sexta-feira (14), contra a falta de iluminação pública na região, devido a um acidente de trânsito que ocorreu na via onde um carro colidiu e derrubou um poste de energia elétrica no início da semana. Muitos trabalhadores estão há três dias sem trabalhar por conta do problema.

Em entrevista ao GP1, o lavador de carro Dedé Rodrigues, informou que devido à greve dos funcionários da Eletrobras Distribuição Piauí, o poste nunca foi removido. “Esse poste caiu de segunda para terça-feira e até hoje nunca vieram trocar. A maioria dos pontos de lavagens estão sem energia e nós estamos há dias sem trabalhar. Nós chegamos a ligar, a comunicar, e não teve jeito, eles falaram que estão de greve”, relatou.

Maria Costa, que também trabalha no local, explicou que o protesto é uma forma de chamar a atenção das autoridades para que a iluminação pública seja restituída na região. “Ontem eu liguei de novo e veio dois homens da Eletrobras. Quando eles chegaram aqui, retiraram os fios pois alguém poderia sofrer descarga elétrica e morrer. Agora, nós arrastamos e colocamos o poste no meio da avenida. E se não vierem ajeitar, nós vamos interditar a avenida toda”, completou.

Durante o ato, os manifestantes queimaram pneus, pedaços de madeira e palha para interditar a via. Agentes da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) estão no local para organizar o tráfego de veículos, como relatou o agente Soares. “Nós estamos fazendo o desvio da rota para que os veículos não trafeguem pela contramão como estava acontecendo”, finalizou.

OUTRO LADO:

A Eletrobras Distribuição Piauí esclareceu ao GP1 que o poste ao qual os lavadores de carro se referem é de iluminação pública. E por isso, só poderá restabelecer a energia quando a Prefeitura realizar o serviço de substituição do poste, que está previsto para às 14h dessa sexta-feira (14).

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.