GP1

Lagoa de São Francisco - Piauí

Ministério Público Federal investiga prefeito Veridiano Melo

A portaria nº 17 foi assinada pelo procurador da República Marco Aurélio Adão nessa quarta-feira (27).

O Ministério Público Federal no Piauí instaurou inquérito civil para investigar denúncia contra o prefeito de Lagoa de São Francisco, Veridiano Carvalho Melo, por irregularidades na aplicação de recursos. A portaria nº 17 foi assinada pelo procurador da República Marco Aurélio Adão nessa quarta-feira (27).

De acordo com o denunciante, Antônio Evaldo Sotero Pereira, que foi candidato a prefeito nas eleições de 2016, foram constatadas irregularidades na aplicação dos recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e Valorização dos Profissionais da Educação (FUNDEB) e Fundo Municipal de Saúde (FMS) no Município.

O membro do MPF determinou envio de ofício ao Conselho de Acompanhamento e Controle do Fundeb do Município de Lagoa de São Francisco, ao Conselho Municipal de Saúde, à Câmara de Vereadores de Lagoa de São Francisco e ao prefeito Veridiano.

A portaria foi publicada no Diário Eletrônico do MPF desta quinta-feira (28).

Outro lado

O prefeito não foi localizado pelo GP1.

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.