GP1

Teresina - Piauí

Kleber Montezuma afirma que Dr. Pessoa se apequenou nestas eleições

“O nosso oponente chegou mais pequeno nestas eleições, pois na eleição passada teve 40% dos votos e agora teve bem menos, significa dizer que Teresina está olhando para ele de forma diferente

Marcelo Cardoso/GP1 1 / 13 Kleber Montezuma Kleber Montezuma
Marcelo Cardoso/GP1 2 / 13 Entrevista com Kleber Montezuma Entrevista com Kleber Montezuma
Marcelo Cardoso/GP1 3 / 13 Firmino Filho Firmino Filho
Marcelo Cardoso/GP1 4 / 13 Prefeito Firmino Filho Prefeito Firmino Filho
Marcelo Cardoso/GP1 5 / 13 Firmino Filho comemorando Firmino Filho comemorando
Marcelo Cardoso/GP1 6 / 13 Festa no comitê do Kleber Festa no comitê do Kleber
Marcelo Cardoso/GP1 7 / 13 Gente comemorando no comitê Gente comemorando no comitê
Marcelo Cardoso/GP1 8 / 13 Muita gente comemorando Muita gente comemorando
Marcelo Cardoso/GP1 9 / 13 Firmino Filho Firmino Filho
Marcelo Cardoso/GP1 10 / 13 Kleber comemorando Kleber comemorando
Marcelo Cardoso/GP1 11 / 13 Kleber Montezuma Kleber Montezuma
Marcelo Cardoso/GP1 12 / 13 Kleber Montezuma em Teresina Kleber Montezuma em Teresina
Marcelo Cardoso/GP1 13 / 13 Festa no PSDB Festa no PSDB

Com a vaga no 2º turno garantida, o ex-secretário de Educação Kleber Montezuma deu sua primeira declaração pública à imprensa, onde fez críticas à institutos de pesquisas, ao candidato do MDB Dr. Pessoa e ainda se mostrou confiante para vencer as eleições deste ano.

Segundo Montezuma, as pesquisas eleitorais mentiram ao informar sobre a vantagem de Dr. Pessoa. “A primeira declaração que tenho a fazer é sobre os institutos de pesquisas, que fazem terrorismo em Teresina, veio um instituto de fora de Teresina que disse que meu oponente estava com 15 pontos de diferença na minha frente e a cidade desmentiu isso. Vão querer voltar no 2º turno querendo apresentar números que são verdadeiras fake news”, declarou.

Agradecimento aos eleitores

Ainda de acordo com o ex-secretário municipal, Dr. Pessoa se apequenou em comaparação as eleições de 2018, quando disputou o Governo do Estado contra o petista Wellington Dias (PT), que venceu a disputa em 1º turno.

“O nosso oponente chegou mais pequeno nestas eleições, pois na eleição passada teve 40% dos votos e agora teve bem menos, significa dizer que Teresina está olhando para ele de forma diferente. Quero agradecer, nós tínhamos apenas 3% quando começamos, dizia ele [Dr. Pessoa] que iria ser eleito no 1º turno. Ele perdeu, ele não ganhou, chegamos ao 2º turno graças ao povo de Teresina, que vai nos colocar no dia 1º de janeiro da Prefeitura de Teresina”, ressaltou.

Novos debates

Além de focar o discurso contra seu oponente, Montezuma colocou que o candidato emedebista foi escondido por terceiros nesse pleito e que no 2º turno espera debater mais com ele.

“Espero que aqueles que esconderam meu oponente no 1º turno, agora liberem ele para debater comigo. Até agora ele foi governado por terceiros e um candidato que é governado por outros não tem condições de governar Teresina”, finalizou.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Dr. Pessoa vai enfrentar Kleber Montezuma no 2º turno em Teresina

Ciro diz que Teresina vai escolher Kleber Montezuma no 2º turno

Elmano Férrer diz que Kleber Montezuma vai se sobressair no 2º turno

“Nós estamos no segundo turno”, afirma Kleber Montezuma

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.