GP1

Teresina - Piauí

Firmino Filho quer flexibilizar horário de serviços essenciais

"Estamos estudando como fazer para flexibilizar o horário de funcionamento dos estabelecimentos comerciais e industriais que têm permissão para funcionar”, explicou Fernando Said.

Por conta da pandemia do novo coronavírus (covid-19), o prefeito de Teresina Firmino Filho (PSDB), está analisando a possibilidade de estabelecer horários escalonados para o funcionamento das atividades consideradas essenciais no comércio e na indústria. As mudanças têm como objetivo evitar aglomerações e diminuir a disseminação do vírus.

A medida permite uma melhor distribuição do volume de pessoas e um controle no fluxo de trabalhadores para manter o distanciamento social, sobretudo, nos transportes públicos.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Fernando SaidFernando Said

O secretário de Governo de Teresina, Fernando Said, explicou que um terço da frota do transporte coletivo está circulando, resultando em um fluxo maior de pessoas. “Temos um terço da frota do transporte público circulando, o que resulta em uma maior quantidade de pessoas nos veículos em determinados momentos do dia. Por isso, estamos estudando como fazer para flexibilizar o horário de funcionamento dos estabelecimentos comerciais e industriais que têm permissão para funcionar”, explicou Said.

Com essa nova determinação, os trabalhadores terão que sair de casa em horários diferentes, o que evita a aglomeração de pessoas. “Queremos redimensionar os horários de funcionamento para que não coincidam os horários de abertura dos estabelecimentos que prestam serviços essenciais, isso contribui para a redução no número de pessoas usando o transporte público ao mesmo tempo em horários de pico”, finalizou Fernando Said.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

"É melhor quebrar do que ver nossa gente morrer", diz Firmino Filho

Wellington Dias e Firmino Filho vão discutir ações contra a covid-19

Firmino Filho assina novo decreto e suspende passe estudantil

Firmino Filho explica requisitos para acesso ao auxílio emergencial

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.