GP1

Teresina - Piauí

Vacinação contra a covid-19 começa nesta quarta-feira em Teresina

A FMS definiu que as 11.382 doses da vacina Coronavac serão aplicadas em profissionais de saúde, idosos que estão em abrigos, deficientes e profissionais de asilos.

Com a chegada das primeiras doses nesta segunda-feira (18) a Campanha de Vacinação contra a covid-19 se iniciará em Teresina na próxima quarta-feira (20), dia determinado pelo Ministério da Saúde. As equipes da FMS se organizaram prontamente para saberem todos os pormenores técnicos e realizar a correta aplicação do imunizante na população alvo.

“As especificações técnicas de aplicação da CoronaVac só foram enviadas aos municípios ao meio-dia de hoje (18), o que faz com que precisemos de um dia para repassar as informações aos profissionais que já estão capacitados e prontos para iniciar os trabalhos”, esclarece Gilberto Albuquerque, presidente da Fundação Municipal de Saúde.

Foto: Marcelo Cardoso/GP1Médico Joaquim Vaz Parente durante solenidade na Sesapi
Médico Joaquim Vaz Parente durante solenidade na Sesapi

A equipe técnica da FMS definiu que as 11.382 doses da vacina Coronavac recebidas serão aplicadas em profissionais de saúde da rede pública e privada; idosos que estão em abrigos, deficientes e profissionais de instituições de longa permanência (asilos) nesta etapa da campanha. Dentro do grupo ‘profissionais de saúde’ as doses serão direcionadas, prioritariamente, aqueles profissionais que trabalham nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) exclusivas COVID, os que trabalham em Unidades de Terapia Intensiva (UTI’s) COVID, os profissionais que trabalham em urgências e emergências de hospitais, os que atuam nas alas COVID das unidades e os profissionais que trabalham no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU).

Foto: Marcelo Cardoso/GP1Gilberto Albuquerque
Gilberto Albuquerque

A FMS está fazendo todo o levantamento interno de seus profissionais que serão vacinados nesta primeira fase. E está recebendo os nomes daqueles que trabalham em unidades de saúde estaduais e particulares. A lista de vacinados será nominal, com nome completo, cargo e unidade em que trabalham. “Todas essas pessoas serão vacinadas em seus locais de trabalho”, diz Amariles Borba, diretora de Vigilância e Saúde da FMS.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.